InícioEconomiaBolsonaro: Governo estuda criar ajuda financeira para trabalhadores informais

Bolsonaro: Governo estuda criar ajuda financeira para trabalhadores informais

Segundo presidente, falta definir recursos e como será o pagamento e também pediu para que a população não entre em pânico.

- continua após a publicidade -

Em meio aos efeitos da crise do novo coronavírus na economia, o presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (17) que o governo poderá fornecer alguma ajuda financeira para trabalhadores na informalidade.

“O que o Paulo Guedes [ministro da Economia] falou para mim hoje é que a economia informal, quem vive da informalidade, teria uma ajuda por algum tempo, algo parecido com um voucher. Está faltando definir o montante e como é que você vai organizar esse pagamento. Essa possibilidade está na mesa”, afirmou a jornalistas ao chegar ao Palácio do Alvorada, residência oficial.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de informalidade (trabalhadores sem carteira assinada ou empreendedores sem registro, por exemplo) atinge 41,1% da força de trabalho ocupada no país. 

foto arquivo

O presidente demonstrou preocupação com os impactos da pandemia do Covid-19 na economia.

“A economia tem a sua importância nessa crise que se aproxima, mas eu vejo com muito alarmismo. Temos que nos preocupar, mas não com esse alarmismo todo”, disse.

Ele também pediu para que a população não entre em pânico.  

“A minha mensagem é para que não se apavorem. Nós vamos ter que passar por essa onda. Agora, se o pânico chegar no meio da população, tudo fica pior. Eu estou preocupado com a questão humanitária, de vidas, mas também com a  questão econômica”, acrescentou.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

 Bolsonaro adiantou que amanhã fará duas entrevistas coletivas no Palácio do Planalto: uma com ministros e outra com os chefes dos demais Poderes,

foto arquivo

“A intenção é demonstrar que os Poderes [estão unidos], acima de qualquer um de nós está o interesse nacional”, afirmou.

foto arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O Papa Francisco critica a prática de tratar Pets como filhos

O papa Francisco fez um apelo, nesta quarta-feira, para que pais e mães adotem crianças, e disse que “vivemos uma época de orfandade notória”.

Depois de vacinação em massa Serrana tem recorde de casos desde o inicio da pandemia

Se após 3 doses a cidade tem números maiores do que antes da vacinação, para o que serviu a vacina? Doria garantiu.

Aluno de academia morre por mau súbito.

As UPAs lotadas com gripe e corona depois de picada em massa, agora já estamos com uma pandemia pouco falada, mas será com frequência. Os efeitos.

IBGE oferece 266 mil oportunidades de emprego até 21 de janeiro

Agentes recenseadores deverão visitar 78 milhões de lares brasileiros Cerca de 78 milhões de residências brasileiras devem receber, a partir do dia 1º de agosto,...

Auxílio Brasil começa a ser pago nesta terça-feira

O custo para os pagamentos supera R$ 7,1 bilhões aos cofres do governo federal
- PUBLICIDADE -