InícioEconomiaAlta no preço do feijão encarece prato predileto do brasileiro

Alta no preço do feijão encarece prato predileto do brasileiro

- continua após a publicidade -

Novamente os fatores climáticos estão influenciando o aumento nos preços do feijão, item indispensável na mesa do brasileiro, que não tem a cultura em substituir a opção por outro grão e, com isso, contribui ainda mais com esse aumento de preços, quando a oferta do produto é menor no mercado. De acordo com o IPS – Índice de Preços dos Supermercados – de janeiro a maio de 2016 o feijão subiu 25,41%. Se considerados os últimos 12 meses (maio/2015 a maio/2016) a alta nos preços foi de 35,98%.

Conforme explicou o gerente de Economia e Pesquisa da APAS, Rodrigo Mariano, alguns consumidores e até restaurantes estão comprando o feijão preto, que apresentou um percentual de aumento menos agressivo que o tradicional feijão carioquinha, mais comum em São Paulo.

Para ajudar o consumidor, a APAS instrui os associados a mostrar alternativas para seus clientes como, por exemplo, evidenciar nas lojas os grãos substitutivos em valor nutricional, como lentilha, grão de bico, ervilha e soja. “Mais uma vez a palavra de ordem é substituir. O consumidor muitas vezes resiste às substituições de determinados produtos e isso contribui para o aumento dos preços, por isso a importância do papel dos supermercados em mostrar esses produtos nas gôndolas”, afirma Mariano.

Sobre a previsão quanto à queda nas vendas, o executivo enfatizou que a alta do preço está relacionada a fatores climáticos que prejudicaram a produção desse grão. Em algumas regiões por excesso de chuva e em outras pela estiagem. “O reflexo desse panorama deve perdurar por algum tempo ainda e, para o preço baixar, a oferta do produto precisa ser normalizada.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Sobre a APAS – A Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem 1.340 associados, que somam mais de 3.036 lojas.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O Papa Francisco critica a prática de tratar Pets como filhos

O papa Francisco fez um apelo, nesta quarta-feira, para que pais e mães adotem crianças, e disse que “vivemos uma época de orfandade notória”.

Depois de vacinação em massa Serrana tem recorde de casos desde o inicio da pandemia

Se após 3 doses a cidade tem números maiores do que antes da vacinação, para o que serviu a vacina? Doria garantiu.

Aluno de academia morre por mau súbito.

As UPAs lotadas com gripe e corona depois de picada em massa, agora já estamos com uma pandemia pouco falada, mas será com frequência. Os efeitos.

IBGE oferece 266 mil oportunidades de emprego até 21 de janeiro

Agentes recenseadores deverão visitar 78 milhões de lares brasileiros Cerca de 78 milhões de residências brasileiras devem receber, a partir do dia 1º de agosto,...

Auxílio Brasil começa a ser pago nesta terça-feira

O custo para os pagamentos supera R$ 7,1 bilhões aos cofres do governo federal
- PUBLICIDADE -