InícioEconomia🍔 Justiça Obriga McDonald's a Apresentar Documentos para Comprovar Pagamento de Salários...

🍔 Justiça Obriga McDonald’s a Apresentar Documentos para Comprovar Pagamento de Salários 💼

A suspeita é que a empresa deva cerca de R$ 11 milhões a colaboradores. A Convenção Coletiva de Trabalho estipulou que o McDonald's deveria pagar o piso salarial mínimo de R$ 1.980,72 a todos os trabalhadores.

- continua após a publicidade -

Especialista da área da matéria do portal em Ribeirão, o único portal independente da região que não recebe verbas públicas.

Resumo dos Principais Pontos da Matéria:

  • A Justiça do Trabalho exige que o McDonald’s apresente holerites de 2.700 funcionários da Grande São Paulo.
  • Suspeita de irregularidades no pagamento de salários, com uma possível dívida de R$ 11 milhões.
  • O SINTHORESP conseguiu um reajuste de 16% para a categoria, mas há dúvidas sobre o cumprimento pelo McDonald’s.

Justiça Obriga McDonald’s a Apresentar Documentos para Comprovar Pagamento de Salários

A Justiça do Trabalho está obrigando o McDonald’s a apresentar os holerites de cerca de 2.700 funcionários da Grande São Paulo, devido a suspeitas de irregularidades no pagamento de salários. A suspeita é que a empresa deva cerca de R$ 11 milhões a esses colaboradores.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Contexto e Reajuste Salarial:

Em 2023, o Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de São Paulo e Região (SINTHORESP) conseguiu um reajuste mínimo de 16% para toda a categoria, um aumento significativo em comparação com os índices oficiais. A Convenção Coletiva de Trabalho estipulou que o McDonald’s deveria pagar o piso salarial mínimo de R$ 1.980,72 a todos os trabalhadores.

Plano de Reajuste e Ação Judicial:

Entre julho de 2023 e fevereiro de 2024, a empresa deveria apresentar um plano de reajuste salarial. Como isso não ocorreu, o sindicato entrou na Justiça para garantir que a empresa está em conformidade com a Convenção Coletiva. Dr. Antônio Carlos Nobre Lacerda, coordenador jurídico do SINTHORESP, destacou a importância de verificar se os acordos conquistados estão sendo cumpridos.

Impacto Financeiro:

Respeitando os prazos da Convenção Coletiva de Trabalho e, considerando que a empresa não ofereceu os benefícios nem reajustou os salários em R$ 368,64 por 11 meses, cada colaborador teria direito a receber, em média, R$ 4.055,04. Multiplicado pelos 2.700 colaboradores, isso resultaria em uma dívida total de R$ 10.948.608,00.

Prazo e Ação Judicial:

O prazo final para manifestação do McDonald’s foi na última segunda-feira, 1º de julho de 2024. O número da ação é 1000510-70.2024.5.02.0067.

Sobre o SINTHORESP:

O SINTHORESP é o Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de São Paulo e Região. Ele trabalha em prol dos colaboradores, buscando melhores condições de trabalho e remuneração adequada.


Manter-se informado e lutar pelos seus direitos é fundamental para garantir um ambiente de trabalho justo e adequado.

Assinatura: Jornalista AIELLO

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

🚨 Atentado Contra Trump: O que Você Precisa Saber Sobre a Tentativa de Assassinato em Comício! 🔫

Confira os Videos: O que deveria ser um evento democrático tornou-se um cenário de terror, expondo a fragilidade de nossas sociedades.

A Vergonha da Negligência com Nossos Idosos

Este é um grito de revolta contra a administração de um prefeito insensível e seus vereadores, que preferem fechar os olhos para a realidade dura e cruel que atinge os cidadãos que ajudaram a construir esta cidade.

🌟 Estudante de Odontologia Coroa a Festa do Peão de Barretos 2024 🌟

🎉 Veja como Rebecca Almeida conquistou o título de rainha em grande estilo! 🎉

Cabeça de Ozempic: o remédio pode deixar a cabeça maior? Entenda

O termo "cabeça de Ozempic" viralizou nas redes sociais após diversas celebridades aparecerem mais magras, mas com a cabeça desproporcionalmente maior em relação ao corpo.

Mitos e verdades sobre o consumo de bebidas alcoólicas e o desenvolvimento de câncer

Segundo relatório da American Association for Cancer Research (AACR), o consumo de bebida alcoólica ocupa a terceira posição nas causas de tumores, perdendo apenas para o tabagismo e o excesso de massa corporal.
- PUBLICIDADE -