InícioDiversosNo Dia Mundial do Refugiado (20/06), a Secretaria de Desenvolvimento Social de...

No Dia Mundial do Refugiado (20/06), a Secretaria de Desenvolvimento Social de São Paulo destaca que 23% continuaram no acolhimento em 2017 até conquistarem autonomia

- continua após a publicidade -

Em 2016, 43% dos refugiados que estiveram na Casa de Passagem Terra Nova conseguiram emprego. Dos 85 acolhidos no espaço, 37 foram inseridos no mercado de trabalho, de modo formal ou informal, em profissões, como cabeleireiro, auxiliar de limpeza, auxiliar de cozinha, mecânico e professor de inglês. Destes, 21 são homens e 16, mulheres, com idade entre 24 e 50 anos.

Além disso, 20 refugiados, representando 23% do total, continuaram no acolhimento em 2017 até arranjar emprego e/ou conquistar autonomia. Muitas famílias também são encaminhadas para a CROPH (Coordenação Regional das Obras de Promoção Humana), parceira da Casa, que tem programas específicos para mães com filhos.

A Casa de Passagem Terra Nova funciona 24 horas e oferece apoio social, psicológico e jurídico, além de atividades de convivência, pedagógicas e culturais; orientação profissional e jurídica; oficinas de idioma; auxílio para inclusão produtiva; e encaminhamentos para toda rede de políticas públicas necessárias ao empoderamento e fortalecimento dos usuários e a garantia de seus direitos.

Este é o primeiro equipamento de acolhimento social do Estado de São Paulo para solicitantes de refúgio e vítimas de tráfico de pessoas. Atende prioritariamente famílias com filhos de até 18 anos e mulheres grávidas. Desde a inauguração, em outubro de 2014, o espaço acolheu mais de 350 pessoas do Congo, Angola, Serra Leoa, Camarões, Gana, Guiné, Nigéria e Síria.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, o objetivo do Governo é proporcionar o acolhimento seguro e digno para aqueles que, por escolha ou destino, encontram em São Paulo as possibilidades de um recomeço. “São conquistas que vão desde o acesso a direitos básicos de saúde e documentação até o conhecimento da língua portuguesa e a inserção no mercado de trabalho”, disse.

Os refugiados ficam, em média, seis meses no local, que tem 50 vagas. A Casa de Passagem possui 10 quartos com banheiros internos, área de convivência, brinquedoteca, refeitório, lavanderia, copa e salas de atendimento individualizado. Os encaminhamentos para atendimento são realizados pela Cáritas, Missão Paz, Posto Humanizado de Guarulhos e pela Secretaria de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Projeto “Sorri Ribeirão” vai atender pacientes que aguardam prótese dentária

Ação acontece no próximo sábado, dia 4 de fevereiro, no NGA e irá atender mil pacientes previamente agendados pela Secretaria da Saúde

Prêmio Brasil Olímpico marca anúncio de RP como sede dos Jogos da Juventude 2023

Cerimônia foi realizada na noite desta quinta-feira, 2 de fevereiro, no Rio de Janeiro

Inscrições para Concurso Público da Câmara de Sertãozinho terão início

na próxima terça-feira, dia 07 A Presidência da Câmara de Sertãozinho anunciou, recentemente, um concursopúblico para uma vaga de Analista de Licitações e Contratos.A organização,...

Sessões ordinárias na Câmara de Sertãozinho serão retomadas nesta

segunda-feira, dia 06, a partir das 18h Na próxima segunda-feira, dia 06, a partir das 18h, ocorrerá a primeira sessãoordinária da Câmara Municipal de Sertãozinho...

Programa Inclusão Produtiva tem vagas abertas

Inscrições são para cursos de higienização e manipulação de alimentos e desenvolvimento de vitrines
- PUBLICIDADE -