Início Diversos Marcha da Maconha 2017 será em Maio

Marcha da Maconha 2017 será em Maio

- continua após a publicidade -

A Marcha da Maconha 2017 tem data para acontecer em Ribeirão.
Um misto de reivindicação com festa, a marca acontece pela terceira uma vez na cidade.
A mobilização em favor da liberação da maconha para consumo e fins medicinais, teve início em 1998, encabeçada pelo ativista Dana Beal, no mês de maio. Desde então, o dia 7 foi estabelecido como a data mundial para as manifestações favoráveis so uso da droga.

Desde a primeira mobilização em 1998, diversas cidades do mundo passaram a realizar manifestações no mês de maio, que hoje já ocorrem em 250 cidades, em 63 países. No Brasil, as manifestações ocorrem de forma mais sistemática desde 2006, mas por causa do calendário, com o Dia das Mães e finais de campeonatos estaduais de futebol, a data é mudada.
Ela será realizada no dia 27 de maio, em Ribeirão Preto. A concentração ocorre a partir das 14h, na Esplanada do Theatro Pedro II.

Este ano o trajeto ainda não foi definido, pela organização do evento, mas como nas edições anteriores, todo o percurso terá escolta da PM para garantir segurança e interdição de vias.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Segundo a organização do evento, a Marcha luta pela legalização total de uso, comércio e plantio da Cannabis.

Marcha da Maconha 2017
Quando: Sábado, 27 e maio, às 14h.
Onde: Concentração na Esplanada do Theatro Pedro II, Rua Álvares Cabral, 370.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Odebrecht fez pagamentos a Toffoli, denuncia Marcelo Odebrecht à PGR

Marcelo Odebrecht e os demais diretores da empresa sempre se referiam a Toffoli como “amigo de Adriano” ou “amigo de AM (Adriano Maia)”

Gol de Bolsonaro: SBT acerta transmissão da final do carioca, Flamengo e Fluminense

O SBT alcançou a sua maior audiência na história da emissora até então com a transmissão da final da Copa do Brasil, decidida por Corinthians e Grêmio

Divirta-se com os melhores tweets do MBL tratando Ayan como um guru

Com a prisão de Luciano Ayan por suspeita de lavagem de dinheiro, separamos os melhores do tweets em que mblistas idolatram o prisioneiro.

Ribeirão Preto tem leitos sobrando na rede privada e deveria contratar com urgência

Presidente da entidade diz que hospitais de campanha são um erro estratégico e que Ribeirão Preto vive o cenário já experimentado por Manaus

Preso por lavagem de dinheiro do MBL teve cargo no governo Doria

Os presos Alessander Mônaco e Carlos A. de Moraes Afonso são investigados por ocultação de patrimônio, além de lavagem de dinheiro.
- PUBLICIDADE -