InícioCidadesNão é piada, após furto secretária da Cultura pede socorro.

Não é piada, após furto secretária da Cultura pede socorro.

- continua após a publicidade -

Mais uma vez o Teatro de Arena, localizado no Morro do São Bento em Ribeirão Preto, foi alvo de furto na madrugada da última quinta-feira, 28. A Secretaria Municipal de Cultura não divulgou o valor do prejuízo.

A Secretária da Cultura, Dulce Neves, utilizou o seu Facebook para demonstrar a indignação com a situação. Em uma publicação no último domingo, 31, ela diz não ser a primeira vez que ocorrem problemas do tipo no Teatro de Arena.  “Não é a primeira vez que acontece e só podemos lamentar a falta de segurança no Morro do São Bento. Já solicitamos diversas vezes o policiamento e vigilância no local, mas não fomos atendidos”.

Em sua rede social a secretária escreveu:

“FURTO DE FIAÇÃO DO TEATRO DE ARENA

Fomos surpreendidos neste final de semana com a notícia de furto da fiação do Teatro de Arena.
Não é a primeira vez que acontece e só podemos lamentar a falta de segurança no Morro do São Bento.
Já solicitamos diversas vezes o policiamento e vigilância no local, mas não fomos atendidos.
Fizemos o boletim de ocorrência e aguardamos a ação dos órgãos competentes, até porque a Secretaria da Cultura mantém vigias próprios mas claramente não são suficientes para evitar tal situação.
Para piorar não temos recursos para repor os fios roubados e ainda correr o risco de novo furto.
O mesmo aconteceu com a Vila Tecnológica. ? enfim… help us Andre Tavares”

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

André Luiz Tavares, mencionado na publicação de Dulce Neves, é superintendente da Guarda Civil Municipal e respondeu na própria publicação que atenderia ao pedido da secretária para intensificar o patrulhamento na região. O pedido público de ajuda de Dulce Neves, compartilhada por Pedro Leão (diretor do Teatro de Arena), através das redes sociais é como admitir a incapacidade na gestão dos bens públicos pela Prefeitura de Ribeirão Preto. Se a prefeitura que tem a Guarda Municipal para cuidar dos espaços públicos como principal função não consegue evitar que um dos principais patrimônios da cidade seja atacado, o que a população deve fazer? Infelizmente não temos como recorrer ao Chapolin Colorado.

É como se a Secretaria de Obras passasse a fazer Boletim de Ocorrência por danos em seus veículos causados pelos buracos das ruas na cidade, ou então a Prefeita reclamar com o Secretario da Saúde por demora no atendimento em um posto médico.

As praças da periferia tem fios roubados constantemente e a população que mora no entorno ou que poderiam fazer uso destes espaços só podem reclamar e lamentar; mas estes com razão, pois pagam o salário dos que estão no poder e que deveriam zelar pelo patrimônio.

A população precisa de ações efetivas para prevenção e punição dos responsáveis pela danificação do bem público, maior cuidado e zelo por parte da Prefeitura com a cidade evitaria a necessidade de um pedido público de “socorro”. Ribeirão Preto passa por momentos de abandono, o que nos faz lamentar, nem o Teatro Pedro II, que tem agenda cheia durante todo o ano, tem sido cuidado como deveria, como mostra nossa denuncia sobre a cascata no interior do Teatro.

Nos resta esperar que os reparos sejam feitos, afinal, faz pouco tempo que o Teatro de Arena passou por longas reformas e foi reaberto para não ser utilizado pela população, agora não pela falta de uma programação cultural acessível ao público, mas por incapacidade administrativa.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários

Ditador Moraes manda prender e extraditar Allan dos Santos

Se não estamos vivendo em uma ditadura do judiciário, o que se compara com atitudes destes loucos? Maduro, Chaves, Alexandre de Moraes...
- PUBLICIDADE -