InícioCidadesRibeirão Preto sanciona lei que cria Feira da Economia Solidária

Ribeirão Preto sanciona lei que cria Feira da Economia Solidária

- continua após a publicidade -

O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, sancionou, no dia 21/9, lei que cria Feira de Economia Solidária, de autoria da vereadora Gláucia Berenice, e que se realizará preferencialmente no Jardim Paulista.
A feira que ocorrerá mensalmente, no segundo domingo de cada mês, das 10h às 18h, em espaço público a ser autorizado pela prefeitura,  representa a oportunidade de multiplicação de espaços para a exposição e comercialização da produção dos empreendedores solidários.

Para Nogueira, a sanção da lei que cria a Feira de Economia Solidária é mais uma das ações que visam geração de emprego e renda para a população de Ribeirão Preto.

“Nós tivemos, recentemente a sanção da lei que cria a Feira da Agricultura Familiar, que terá 20 estandes no Parque Curupira, a partir de 12 de outubro, e agora a Feira de Economia Solidária; com ambas minimizaremos o problema do desemprego e falta de renda no nosso município”, disse o prefeito.

Em seguida, Duarte Nogueira lembrou o Projeto Catasonho, criado para catadores de materiais recicláveis. “Esse projeto recrutará cerca de 30 catadores de recicláveis, que receberão equipamentos, trabalharão motorizados e uniformizados e serão remunerados, com fonte de renda garantida e dignidade”, comemorou.

Ao citar as ações conjuntas com o Banco do Povo do Estado de São Paulo, o prefeito Duarte Nogueira ressaltou o juro de 0,35% para o pequeno empreendedor montar seu próprio negócio, bem como a formação de 38 alunos pelo “Programa Time do Emprego”, que tem como objetivo reintegrar o trabalhador desempregado ao mercado de trabalho.

“E agora,  sancionamos a lei que incentiva a economia solidária da nossa cidade. Numa única semana, várias ações que tem como prioridade o emprego e renda como uma das principais metas pra atravessar essa crise que estamos vivendo. Parabéns e sucesso a todos vocês”, destacou.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O vice-prefeito e secretário de Assistência Social, Carlos Cezar Barbosa, disse que iniciativas como a Feira da Economia Solidária vão de encontro com aquilo que a cidade e o país necessitam.

“A geração de postos de trabalho hoje é um grande desafio no Brasil, A geração de renda, idem; na medida em que o desemprego avança, a geração de renda diminui, a economia se enfraquece. A criação Feira do Produtor Rural e a Feira da Economia Solidária são exemplos positivos, pois oferece ao cidadão de Ribeirão Preto dignidade, porque não existe dignidade sem trabalho e renda”, frisou o vice-prefeito .“O empreendedorismo brasileiro, mais especificamente a economia solidária é responsável por 5% do PIB nacional, então nós temos uma grande oportunidade de geração de renda.  E mais do que isso, a geração de trabalho, garantindo a muitas pessoas que hoje vivem na informalidade”, disse a vereadora Gláucia Berenice, que lembrou ainda o prefeito que a feira fomenta também o turismo de Ribeirão Preto.

“As pessoas que visitam a nossa cidade, gostam de levar uma lembrança, um “souvenir” e a feira terá essa característica”, destacou.

Prefeito de Ribeirão Preto sanciona lei que cria Feira da Economia Solidária

O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, sancionou, no dia 21/9, lei que cria Feira de Economia Solidária, de autoria da vereadora Gláucia Berenice, e que se realizará preferencialmente no Jardim Paulista.

A feira que ocorrerá mensalmente, no segundo domingo de cada mês, das 10h às 18h, em espaço público a ser autorizado pela prefeitura,  representa a oportunidade de multiplicação de espaços para a exposição e comercialização da produção dos empreendedores solidários.
Para Nogueira, a sanção da lei que cria a Feira de Economia Solidária é mais uma das ações que visam geração de emprego e renda para a população de Ribeirão Preto.
“Nós tivemos, recentemente a sanção da lei que cria a Feira da Agricultura Familiar, que terá 20 estandes no Parque Curupira, a partir de 12 de outubro, e agora a Feira de Economia Solidária; com ambas minimizaremos o problema do desemprego e falta de renda no nosso município”, disse o prefeito.
Em seguida, Duarte Nogueira lembrou o Projeto Catasonho, criado para catadores de materiais recicláveis. “Esse projeto recrutará cerca de 30 catadores de recicláveis, que receberão equipamentos, trabalharão motorizados e uniformizados e serão remunerados, com fonte de renda garantida e dignidade”, comemorou.
Ao citar as ações conjuntas com o Banco do Povo do Estado de São Paulo, o prefeito Duarte Nogueira ressaltou o juro de 0,35% para o pequeno empreendedor montar seu próprio negócio, bem como a formação de 38 alunos pelo “Programa Time do Emprego”, que tem como objetivo reintegrar o trabalhador desempregado ao mercado de trabalho.

“E agora,  sancionamos a lei que incentiva a economia solidária da nossa cidade. Numa única semana, várias ações que tem como prioridade o emprego e renda como uma das principais metas pra atravessar essa crise que estamos vivendo. Parabéns e sucesso a todos vocês”, destacou.

O vice-prefeito e secretário de Assistência Social, Carlos Cezar Barbosa, disse que iniciativas como a Feira da Economia Solidária vão de encontro com aquilo que a cidade e o país necessitam.

“A geração de postos de trabalho hoje é um grande desafio no Brasil, A geração de renda, idem; na medida em que o desemprego avança, a geração de renda diminui, a economia se enfraquece. A criação Feira do Produtor Rural e a Feira da Economia Solidária são exemplos positivos, pois oferece ao cidadão de Ribeirão Preto dignidade, porque não existe dignidade sem trabalho e renda”, frisou o vice-prefeito .“O empreendedorismo brasileiro, mais especificamente a economia solidária é responsável por 5% do PIB nacional, então nós temos uma grande oportunidade de geração de renda.  E mais do que isso, a geração de trabalho, garantindo a muitas pessoas que hoje vivem na informalidade”, disse a vereadora Gláucia Berenice, que lembrou ainda o prefeito que a feira fomenta também o turismo de Ribeirão Preto.
“As pessoas que visitam a nossa cidade, gostam de levar uma lembrança, um “souvenir” e a feira terá essa característica”, destacou.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Mega-Sena deste sábado deve pagar prêmio de R$ 170 milhões

O Concurso 2.523 da Mega-Sena, que será sorteado hoje (24) à noite em São Paulo, deve pagar o prêmio de R$ 170 milhões a quem acertar as seis dezenas.

Funcionamento de duas linhas de ônibus será alterado na segunda, dia 26

Usa onibus, fique atento as mudanças de trajeto: Alterações visam proporcionar melhores condições de acessibilidade e comodidade aos usuários

Multas nas novas faixas exclusivas de ônibus da Meira Júnior e Independência começa na segunda

Transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerado infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na (CNH)

Pontal, SP, recebe evento equestre adaptado neste sábado (24)

Atividade é realizada das 8h às 12h na sede da Associação de Equoterapia Vassoural (AEV). Entrada é gratuita e aberta ao público. Pontal (SP) recebe neste...

Sextou: Maurício Manieri,We Festival,Brazilian Bacon Day, Toquinho 

Brazilian Bacon Day – festival que reúne rock e bacon tem data, local e line-up confirmados SERVIÇO Data: 24/09/2022 – sábado Local: Arena Eurobike Endereço: Av. Costábile Romano,...
- PUBLICIDADE -