InícioCidadesRetrospectiva: Núcleos urbanos informais passam por prévia de diagnósticos habitacionais

Retrospectiva: Núcleos urbanos informais passam por prévia de diagnósticos habitacionais

Ação integra cronograma de regularização fundiária através de programa do governo federal; seis núcleos urbanos informais foram contemplados

- continua após a publicidade -

Ação integra cronograma de regularização fundiária através de programa do governo federal; seis núcleos urbanos informais foram contemplados

Desde a última segunda-feira, dia 26 de dezembro, os seis núcleos urbanos informais contemplados pelo programa Casa Verde e Amarela de Regularização Fundiária e de Melhorias Habitacionais estão recebendo a visita de funcionários da secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano da prefeitura municipal de Ribeirão Preto, da Cohab-RP e da empresa responsável pelo levantamento das informações urbanísticas, habitacionais e socioeconômicas.

Nessa primeira etapa está sendo realizada uma aproximação com os líderes comunitários a fim de promover melhor transparência dos procedimentos do programa habitacional, além de levantamento topográfico para início dos trabalhos técnicos.

A iniciativa atenderá 998 famílias dos núcleos das Mangueiras, no Jardim Piratininga; Cidade dos Trabalhadores, no Recanto Cruzeiro do Sul; Transerp, no Jardim Jandaia; Reciclagem, no Quintino Facci II; Maria de Lourdes, no Jardim Heitor Rigon e Núcleo Escola (Vila Feliz), na Vila Virgínia, nas regiões Norte e Oeste do município.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Daniel Marques Gobbi, esse é um momento importante para esclarecer as dúvidas dessa população.

“O departamento de Habitação está presente para dialogar e construir uma relação que auxilie e acolha as famílias com suas dúvidas”, destacou.

arquivo

Casa Verde e Amarela

A iniciativa de Regularização Fundiária e Melhoria Habitacional foi criada para dar o título que garante o direito real sobre o lote das famílias. A medida serve para dar segurança jurídica, reduzir conflitos fundiários, ampliar acesso ao crédito, estimular a formalização de empresas e o aumento do patrimônio imobiliário do país.

Também busca reformar e/ou ampliar imóveis em deterioração, falta de estrutura (como banheiro, cobertura ou piso), instalações elétricas ou hidráulicas inadequadas e adensamento excessivo de moradores, entre outras adversidades.

O programa tem o objetivo de conceder financiamento, em condições especiais de subsídio, para execução de obras e serviços destinados à regularização fundiária de núcleos urbanos informais e melhorias habitacionais.

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Projeto “Sorri Ribeirão” vai atender pacientes que aguardam prótese dentária

Ação acontece no próximo sábado, dia 4 de fevereiro, no NGA e irá atender mil pacientes previamente agendados pela Secretaria da Saúde

Prêmio Brasil Olímpico marca anúncio de RP como sede dos Jogos da Juventude 2023

Cerimônia foi realizada na noite desta quinta-feira, 2 de fevereiro, no Rio de Janeiro

Inscrições para Concurso Público da Câmara de Sertãozinho terão início

na próxima terça-feira, dia 07 A Presidência da Câmara de Sertãozinho anunciou, recentemente, um concursopúblico para uma vaga de Analista de Licitações e Contratos.A organização,...

Sessões ordinárias na Câmara de Sertãozinho serão retomadas nesta

segunda-feira, dia 06, a partir das 18h Na próxima segunda-feira, dia 06, a partir das 18h, ocorrerá a primeira sessãoordinária da Câmara Municipal de Sertãozinho...

Programa Inclusão Produtiva tem vagas abertas

Inscrições são para cursos de higienização e manipulação de alimentos e desenvolvimento de vitrines
- PUBLICIDADE -