Início Cidades Quer ser sorteado na COHAB? Mude-se para uma favela

Quer ser sorteado na COHAB? Mude-se para uma favela

- continua após a publicidade -

André Luiz Soares, Ailton Ferreira de Souza, Maria Helena Reis de Oliveira e Maria das Dores Pereira, essa com 100 anos de idade, partilharam da mesma alegria na tarde desta quarta-feira, dia 5 de julho. São moradores da Favela da Mangueira, a mais antiga ocupação irregular da cidade, com cerca de três décadas, e que agora deixam para trás essa dura realidade para ocuparem seus apartamentos, construídos numa parceria entre a Prefeitura/CDHU e a Cohab.

Coube ao prefeito Duarte Nogueira recepcionar as 170 famílias que estiveram na Cava do Bosque para o sorteio de endereços. Reafirmou sua meta de construir 15 mil casas populares em seu mandato e fez um balanço das gestões que vêm sendo feitas nesse sentido.

“Esse conjunto terá prestações compatíveis com a renda de vocês, cerca de R$ 150,00”, destacou o prefeito, lembrando que a entrega das chaves será daqui a alguns dias.

Uma das famílias a serem removidas da Favela das Mangueiras para um dos 170 apartamentos construídos na avenida dos Andradas nº 1.900 é da dona Maria das Dores Pereira, que aos 100 anos comemora somente agora o sonho da casa própria. Emocionada, ela, que é benzedeira, fez questão de benzer o prefeito Nogueira. Moradora da favela há 20 anos, mora com toda a família, cerca de 10 pessoas, em uma precária moradia.

“Vou mudar e levar todos comigo”, disse.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Denominado “Ribeirão Preto “P”, o residencial contempla moradores cadastrados na prefeitura e que preenchem os requisitos para remoção. O principal critério é ser cadastrado. Nenhum invasor será beneficiado”, garante o presidente da Cohab-RP, Edsom Ortega.

Vários vereadores acompanharam o sorteio de endereços, entre eles André Trindade, Elizeu Rocha, Adauto Marmita, Orlando Pesoti, Igor Oliveira e Fabiano Guimarães. Na oportunidade o presidente da Câmara, Rodrigo Simões, saudou as famílias, parabenizando-as pela conquista. Essa saudação também foi feita pela gerente regional da CDHU, Sílvia Meira, que ajudou na organização dos trabalhos na Cava do Bosque.

O investimento para a edificação do residencial “Ribeirão Preto P” foi de R$ 34,7 milhões. São prédios de quatro andares, que totalizam 170 apartamentos, sendo 82 com dois dormitórios e área útil de 59,27 metros quadrados e outros 88 com três dormitórios e área útil de 67,17 metros quadrados.

Levantamento recente da Cohab-RP indica que Ribeirão Preto conta com 96 áreas ocupadas irregularmente, onde moram cerca de 46 mil pessoas. “Nosso objetivo é buscar soluções com base no Plano de Regularização Fundiária e remover aquelas que forem passíveis de remoção, buscando soluções habitacionais para esse público”, reitera o presidente da Cohab-RP, Edsom Ortega.

 

 

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Eleições 2020: 67 congressistas irão disputar um novo cargo

A cidade de São Paulo é a capital que reúne a maior quantidade de parlamentares na corrida eleitoral

298 candidatos são flagrados recebendo auxílio emergencial

vice-prefeito e prefeito estão recebendo o auxílio emergencial, embora tenham patrimônio acima de R$ 1 milhão. E você ai dizendo que não vota e não se sente culpado(a)

Yom Kipur: Inicia o ano 5781. Você conhece o significado?

Que você seja achado no livro da vida. É um dia marcado por jejum, preces e arrependimento onde o destino de cada judeu é selado. Pedindo perdão ao próximo e a Deus.

Doria retira incentivos fiscais de 70 itens – preços devem aumentar

Na busca pelo aumento da arrecadação depois do #fiqueemcasa, Doria anunciou aumento de impostos que vão entre medicamentos até instituições como APAE e Hemocentro, passando por alimento entre outras areas

Doria deve aumentar imposto sobre herança no Estado de São Paulo

Projeto de Lei nº 250/2020 pretende alterar as regras do imposto sobre a transmissão de bens por herança ou doação, aumentando a tributação de 4% para até 8%