InícioCidadesPraças e monumentos que contam nossa historia

Praças e monumentos que contam nossa historia

- continua após a publicidade -

Ribeirão Preto conta com aproximadamente 200 praças públicas que são ponto de encontro da população e visitantes, além de contar um pouco de nossa historia através de seus monumentos.

As principais áreas verdes localizadas na área central são: Praça XV de novembro, Carlos Gomes, da Bandeira, Luiz de Camões, Tiradentes, Barão do Rio Branco, Francisco Schmidt e 7 de setembro.

No alto da cidade, estão localizadas as praças Arlindo Paioni, Robim Antonio Calil, Leonor de Lancaster, Salvador Spadoni e Antonio Velludo.

A maior praça da cidade está situada no bairro Lagoinha – a Praça da Paz, que tem 38 mil m2.

Os Monumentos típicos.
- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O mais imponente monumento da cidade é aquele que homenageia o Soldado Constitucionalista de 1.932, na Praça XV de Novembro, defronte ao Theatro Pedro II, ainda na Praça XV tem a estátua de João Alves Meira Júnior, advogado, senador, fundou a CIA Cervejaria Paulista e construiu o Quarteirão Paulista.

Também tem os bustos do cientista Luiz Pereira Barreto e do líder industrial Roberto Simonsen.

os bustos do Cel. Joaquim da Cunha Diniz Junqueira e do ex-prefeito Joaquim Camilo de Mattos também figuram na Praça XV.

Na Praça da Bandeira, estão as estátuas do primeiro bispo Dom Alberto José Gonçalves e do mártir São Sebastião.

Na Praça Camões tem um monumento em homenagem a Luiz de Camões, presenteado pela colônia portuguesa.

Na Praça Rio Branco, defronte à Prefeitura Municipal, tem um busto do Barão do Rio Branco.

Na Praça Alan Kardec, no jardim Mosteiro, tem um busto em homenagem a esse lider espírita cujo nome verdadeiro é Léon Denizard Rivail.

O pai da Aviação, Santos Dumont, foi homenageado com um busto no jardim do Aeroporto Leite Lopes.

Na confluência das avenidas Independência e Nove de Julho tem um obelisco inaugurado no dia 07 de setembro de 1.922, por ocasião do centenário da Independência e da inauguração da Cia. Electro Metalúrgica de Ribeirão Preto.

Na Praça da Bíblia, no Jardim Paulista, existe um monumento aos motociclistas. Na Praça Portinari, no Alto do Morro de São Bento, existe o monumento ao Cristo Redentor. Ainda na Praça Schmidt tem o busto do Cel. Francisco Schmidt, grande cafeicultor, um dos “Reis do Café”.

Quarteirão paulista

Junto a praça XV de Novembro, no centro histórico da cidade, construído pela Companhia Cervejaria Paulista, é o retrato da pujança de Ribeirão Preto no início do século XX.

O dinheiro do café comprava quase tudo e construía prédios imponentes, testemunhas para a posteridade do poder de uma época.

Andando pela Praça XV de Novembro, o Quarteirão Paulista está logo à frente, tendo o Theatro Pedro II sobressaindo por entre os monumentos e árvores centenárias. Ao lado, há o antigo Palace Hotel, hoje transformado em Centro Cultural. Do outro, o Edifício Meira Júnior, onde funciona a choperia mais famosa do Brasil.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Menor NÃO: Ministro destaca eventos adversos em adolescentes vacinados

Segundo Queiroga, foram identificados 1,5 mil eventos adversos em adolescentes imunizados. “A OMS não recomenda a vacinação de adolescentes

Teatro Municipal lança edital de ocupação do 1° semestre de 2022

Inscrições começaram dia 15 de setembro e vão até 15 de outubro

Avenida Thomaz Alberto Whately tem nova interdição para obras

Bloqueio ocorre para obras do trecho 1 do corredor de ônibus Norte-Sul pelo programa Ribeirão Mobilidade

IMPORTANTE COMPARTILHE: Anvisa e Min. da Saúde NÃO Recomendam a vacinação para Menores de 18 Anos

Não se vê veículos de imprensa ou governantes falando sobre o assunto, muito pelo contrario continuam incentivando a vacina que não tem teste para menores de 18 anos

Vacinados já são 81,7% dos internados em SP

Do total de hospitalizados, 51,6% (325 doentes) já foram totalmente imunizados, com as duas doses, (34,6%) com Coronavac.
- PUBLICIDADE -