Início Cidades Maio Amarelo: Imprudência leva à colisão traseira, principal ocorrência em rodovias da...

Maio Amarelo: Imprudência leva à colisão traseira, principal ocorrência em rodovias da região

Este ano, o tema “Perceba o risco. Proteja a vida”, dá o tom à reflexão proposta ao poder público e sociedade civil, com o apoio da Artesp.

- continua após a publicidade -

A Entrevias Concessionária de Rodovias integra o Movimento Maio Amarelo, que coloca em pauta a segurança viária.

Este ano, o tema “Perceba o risco. Proteja a vida”, dá o tom à reflexão proposta ao poder público e sociedade civil, com o apoio da Artesp.

Com a necessidade de isolamento social e seguindo recomendações de autoridades de saúde, as ações em maio se restringirão ao meio digital até que seja possível desenvolvê-las nas rodovias, o que deve ocorrer em setembro, durante a Semana Nacional de Trânsito.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

De 1º a 31 de maio, a Entrevias divulga um banner sobre o movimento Maio Amarelo em seu site e fará o envio digital de mensagens de conscientização a motoristas.

Um levantamento interno considerando os 299 quilômetros de rodovias concedidas entre Ribeirão e região, de 1º janeiro a 30 abril de 2020, mostra que  a imprudência – fator humano relacionado ao desrespeito da velocidade e desatenção, é a causa mais comum para os acidentes do tipo colisão traseira, que representam 80% do total de casos dessa natureza (83), seguida pela colisão lateral (14%) e colisão transversal (4,8).

O estudo aponta ainda que a SP-322 – mais precisamente o trecho do Anel Viário Sul, apesar de sinalizado e com infraestrutura adequada, concentra 42% das ocorrências de colisão e a SP-330 (Rodovia Anhanguera), 33%.

Outro dado indica que 51% dos acidentes que ocorrem no Contorno Sul concentram-se principalmente em cinco quilômetros de extensão, do km 310 ao 315 – o que se explica pela concentração de tráfego em horários de pico, principalmente provenientes de trânsito urbano, quando mesmo assim motoristas não reduzem a velocidade.

arquivo

Por essa razão, já está submetida à aprovação da Artesp a instalação de mais quatro radares de fiscalização, entre os quilômetros 309,300 ao 316.  

Durante todo o ano de 2019, as colisões traseiras também estiveram no “ranking” das principais imprudências.

“Com o alto fluxo de veículos é fundamental aumentar ainda mais a distância de segurança do veículo que segue à frente. Muitos motoristas desrespeitam a velocidade regulamentada, um comportamento de risco que leva à colisão traseira e, em alguns casos, engavetamento”, explica Fábio Ortega, gestor de segurança viária.

Ainda segundo o gestor, a distância entre os veículos é muito mais que uma recomendação de segurança.

“O espaço adequado entre um carro e uma motocicleta, por exemplo, permite ao condutor a tomada de decisões de maneira ágil, atenta e preventiva.”, afirma.

Embora não exista uma distância mínima regulamentada, já que há variáveis como o tipo de veículo e rodovias com velocidades diferentes, especialistas recomendam guardar distância de segurança de, no mínimo, três segundos do veículo da frente.

Assim que ele ultrapassar algum objeto fixo de referência, comece a contar “mil e um, mil e dois, mil e três”.

Foto divulgação

Se você chegar no ponto de referência antes de terminar a contagem, significa que é necessário diminuir a velocidade.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, no artigo 192, “deixar de guardar distância de segurança lateral e frontal entre o seu veículo e os demais” é motivo para infração grave, punida com 5 pontos na carteira.

Na estrada

Diferentes estratégias de segurança viária são aplicadas em todo a malha viária administrada pela Entrevias.

A meta é a redução de acidentes, em consonância com a proposta da ONU (Organizações das Nações Unidas), que visa diminuir em 50% no número de mortos no trânsito de 2010 a 2020. 

Para isso são usados dispositivos como barreiras metálicas de contenção, sonorizadores e sinalização de solo com refletância.

Operacionalmente, a empresa disponibiliza diariamente viaturas de inspeção de tráfego que percorrem o trecho, direcionando e orientando os usuários.

Motoristas também são alertados sobre as condições de tráfego na rodovia através dos painéis de mensagens variáveis e podem acionar socorro mecânico ou médico por meio do wi-fi Entrevias SOS, que agiliza a comunicação do usuário com o Centro de Controle Operacional.

Foto Divulgação

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Covidão vem ai? Desde abril, já foram 16 processos de compras suspensos ou cancelados em Ribeirão Preto

No ano de 2019 todo foram apenas 12 processos cancelados ou suspensos, mas a prefeitura considera normal os casos atuais. Medo?

Confira como serão os critérios da retomada econômica de São Paulo

Doria anuncia 'retomada INTELIGENTE' a partir de 1º de junho, A cidade de Ribeirão Preto se encaixa na fase 2.

deus Alexandre Moraes determina bloqueio das redes sociais de direita

Vários sites e blogs esquerdista foram bancados financeiramente com dinheiro publico e por outras vezes com dinheiro de amigos dos amigos, hoje A PF cumpriu mandados em cinco estados e no DF em uma ação direcionada aos bolsonaristas

Aneel decide que conta de luz não terá taxa extra até dezembro

Medida foi tomada em resposta à crise provocada pela pandemia do coronavírus

70% dos brasileiros não conseguirão pagar todas as contas em maio

Os dados são reflexo da perda de renda decorrente do isolamento social adotado em razão da pandemia
- PUBLICIDADE -