InícioCidadesAtrasada, Ribeirão Preto precisa avançar na transparência

Atrasada, Ribeirão Preto precisa avançar na transparência

Muitas lições foram ensinadas pela Operação Sevandija, porém nem todas absorvidas pela maquina publica em Ribeirão Preto.

- continua após a publicidade -

A atual gestão municipal tem múltiplas virtudes. Mas entre elas, infelizmente, não está o avanço estrutural de mecanismos que ampliem a transparência e a participação popular. Especialmente neste cenário de pandemia, é imperativo corrigir esse erro, priorizando o compartilhamento total de informações e decisões.

Muitas lições foram ensinadas pela Operação Sevandija, porém nem todas absorvidas. Ela reforçou a necessidade de apontarmos o máximo de luz sobre a máquina pública, por meio de instrumentos consistentes de controle interno e externo, de modo a ampliar a eficiência e prevenir irregularidades. Seria uma imensa contribuição desta gestão se medidas eficazes de compliance e accountability fossem, de fato, adotadas.

arquivo

Para contribuir com esse debate, 15 entidades representativas de Ribeirão Preto se uniram e fundaram, em junho de 2019, o Comitê Municipal de Transparência. Realizamos um Fórum Municipal sobre o tema em setembro, com dois dias de debates

Em seguida, entregamos nas mãos do prefeito municipal, em 3 de dezembro, o anteprojeto de lei da Política Municipal de Transparência e Controle Social, uma construção coletiva, propondo a criação de mecanismos como o Conselho Municipal de Transparência e o Plano Municipal de Dados Abertos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Transcorreram cinco meses e nenhum avanço foi divulgado pelo Executivo, em que pese seu compromisso, no ato do encontro, de que em fevereiro de 2020 a proposta seria encaminhada ao Legislativo.

Significativo o fato de, ao ser questionada oficialmente por este Comitê por meio da Lei de Acesso à Informação sobre o andamento interno do anteprojeto (número do expediente, pareceres, tramitações), a Secretaria da Casa Civil tenha agido ao arrepio da lei: se negou a responder, alegando uma Medida Provisória do Governo Federal que, justamente por ter sido considerada uma afronta à coletividade, já estava na ocasião suspensa pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

O atual contexto pandêmico, em vez de empecilho, é um reforço para o avanço das medidas propostas.

Se já as tivesse amplamente adotado, o Executivo municipal não estaria envolto a percalços recentes com compras sem licitação (que foram, inclusive, objeto de manifestação deste Comitê, tendo como consequência a abertura de um procedimento pelo Ministério Público Estadual).

ARQUIVO

A total transparência é um resguardo para o bom gestor, prevenindo inclusive o uso distorcido de informações parcialmente divulgadas.

Ela deve ser um princípio transversal a ser perseguido, desde a apresentação completa de dados nos Boletins Epidemiológicos até o monitoramento em tempo real dos danos à capacidade financeira do município em decorrência da crise.

Esperamos que o município, enfim, comece a trilhar, e a passos largos, o caminho efetivo do Governo Aberto, aproveitando as novas tecnologias para tornar a população copartícipe da administração.

Para isso, os integrantes deste Comitê de Transparência reforçam a permanente disposição em auxiliar na formulação de políticas públicas exitosas, confiantes de que esse objetivo é compartilhado por esta gestão municipal.

“A luz do sol é o melhor desinfetante”, dizia o juiz da Suprema Corte norte-americana Louis Brandeis (1856-1941), em alusão à transparência como prevenção aos ilícitos.

Que Ribeirão Preto se torne cada vez mais iluminada.

divulgação

* Alberto Borges Matias (Observatório Social), Eduardo Marchesi de Amorim (Instituto Ribeirão 2030), Jorge Sanchez (Amarribo) e Victor Jorge (Nexos Gestão Pública – USP), representam o Comitê Municipal de Transparência, composto por 15 entidades.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cientista chinês deserta para os EUA com segredos de armas hipersônicas

Ele estava disposto a fornecer informações detalhadas sobre o veículo hipersônico em troca de asilo para ele, sua esposa e seu filho.

Brasil já tem mais casos de covid-19 do que no periodo antes da vacina

A pergunta é: Fecha tudo e #fiqueemcasa? As picadas funcionam ou é apenas interesse financeiro?

Aulas da Rede Municipal retornam na próxima semana

Retorno será 100% presencial e obrigatório para os estudantes; todos os protocolos sanitários que dispõem sobre a Covid-19 serão cumpridos. Não é obrigatório apresentar passaporte sanitário.

Morre a cantora e pastora Ludmila Ferber aos 56 anos

"Quando tudo parece estranho ao redor ,Buscar tua face é preciso, Deus Quando a gente não sabe o que está ocorrendo Buscar tua face é preciso, Deus"

Prefeitura obriga funcionalismo apresentar passaporte sanitário

Seu corpo minhas regras: Funcionários que não apresentarem documento serão impedidos de trabalhar e terão descontada do salário.
- PUBLICIDADE -