InícioBlogsDSOP Educação FinanceiraMata de Santa Tereza em Ribeirão Preto recebera reflorestamento

Mata de Santa Tereza em Ribeirão Preto recebera reflorestamento

Um importante fragmento florestal de Mata Atlântica, será restaurada com o plantio de 3.190 mudas nativas que ajudarão a recompor o ecossistema do local

- continua após a publicidade -

A Estação Ecológica de Ribeirão Preto – mais conhecida como Mata de Santa Tereza, um importante fragmento florestal de Mata Atlântica, será restaurada com o plantio de 3.190 mudas nativas que ajudarão a recompor o ecossistema do local e a controlar e erradicar espécies exóticas invasoras e indesejáveis à vegetação característica da área.

Nesta quarta-feira (9), a Entrevias Concessionária de Rodovias inicia o manejo e a preparação do solo para então proceder o plantio em uma extensão de quatro hectares às margens da SP-322 (Rodovia Prefeito Antônio Duarte Nogueira), próximo ao quilômetro 317+200, eixo viário em Ribeirão Preto sob gestão da Concessionária.

A intervenção da Entrevias na Estação Ecológica, área sob administração do Fundação Florestal SP – órgão da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, visa a recuperação e restauração florestal e atende a uma necessidade de compensação ambiental devido às obras de construção de marginais na SP-322 em  Ribeirão Preto e Sertãozinho. 

“Essa ação é muito importante pois auxiliará na recuperação e restauração de uma das únicas Unidades de Conservação da região, visando a proteção da fauna e da flora desse bioma que é a Mata Atlântica.”, afirma o coordenador de Meio Ambiente, Marcelo Danelucci.

Além da compensação ambiental, o plantio proporcionará o enriquecimento florestal da vegetação nativa remanescente, com o controle de espécies vegetais exóticas e indesejáveis ao bioma de mata atlântica. 

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Serão plantadas mudas diversas, com cerca de 40 espécies diferente, como Copaíba, Cedro Rosa, Carvalho e Embaúba. Os tipos foram selecionados seguindo o Plano de Manejo integrante da legislação vigente para reflorestamento – Resolução SMA nº 32.

Antes de a Entrevias firmar a parceria com a Fundação Florestal e contratar uma empresa especializada para executar o plantio, um estudo qualitativo e quantitativo das condições ambientais do local foi realizado, detalhando o histórico de ocupação e vegetação nativa da área e entorno, cujo bioma inclui matas ciliares e áreas destinadas às monoculturas de Pinus e Eucalipto e campos de agricultura.

Durante quatro anos, a Entrevias fará ainda o monitoramento e manutenção das áreas. O encerramento dessa primeiro etapa do plantio das 3.190 mudas está previsto para janeiro de 2021.

Sobre a Entrevias Concessionária de Rodovias – A Entrevias Concessionária de Rodovias é responsável pela operação, manutenção e modernização do lote Rodovias do Centro-Oeste Paulista, com um total de 570 quilômetros de vias no eixo entre Florínea, na divisa com o Paraná, e Igarapava, na divisa com Minas Gerais. O contrato de concessão assinado com o governo do Estado de São Paulo – Artesp é a agência fiscalizadora – prevê investimentos de R$ 3,9 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha viária e implantação de tecnologias e inovações que contribuem para prestação de serviços de alta qualidade aos usuários. Visite o site da empresa: www.entrevias.com.br. Em caso de emergência nas rodovias ligue para 0800-3000-333.

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Anvisa alerta sobre risco de miocardite e pericardite pós-vacinação

A Anvisa informa que os Estados Unidos (EUA) relataram a ocorrência de casos de miocardite (inflamação do músculo cardíaco) e de pericardite (inflamação do tecido que envolve o coração) após a vacinação

Campeonato Esportivo movimenta mais de mil alunos das escolas municipais

Cirem será realizado até a 2a quinzena de dezembro

Assistência Social realizará “V Caminhada Mulher Maravilha” neste domingo

Evento promovido pelo NAEM acontece em referência aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres

Projeto Guri está com inscrições abertas

Crianças e adolescentes de seis a 18 anos podem aprender a tocar um instrumento musical, sem a necessidade de conhecimento prévio

Fogos de artifício: veterinário explica como proteger os animais durante as comemorações

Especialista explica as possíveis reações dos pets e o que pode ser feito para amenizar o pânico e transtornos causados pelas explosões
- PUBLICIDADE -