InícioAtualidadesEx-BBB Laércio é detido por estupro de vulnerável em Curitiba

Ex-BBB Laércio é detido por estupro de vulnerável em Curitiba

- continua após a publicidade -

Antes de entrar no programa, o participante foi acusado nas redes sociais de abuso sexual contra uma menina menor de idade

O ex-BBB Laércio de Moura, de 53 anos, foi preso nesta segunda-feira, dia 16, em sua casa em Curitiba, por estupro de vulnerável e por fornecer bebidas alcoólicas a adolescentes. Durante o programa, o participante se envolveu em polêmicas e chegou a afirmar, em rede nacional, que gosta de uma “novinha”.

Em entrevista ao jornal, a delegada adjunta Patrícia Conceição Nobre Paz, do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), da Polícia Civil, onde Laércio está preso, afirmou que o ex-BBB também estaria sendo investigado por outros crimes previstos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

As investigações tiveram início após denúncias recebidas na época em que o participante estava no reality show.
O mandado expedido contra Laércio é preventivo, ou seja, ele não tem prazo para deixar a carceragem.
Ele deve ser interrogado ainda nesta manhã.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Participação no programa
Laércio foi eliminado do BBB em fevereiro. Ele enfrentou Ana Paula, seu maior desafeto na casa, no segundo paredão desta edição.Tudo começou quando Ana Paula exigiu que o então colega de confinamento deixasse o banheiro limpo após usá-lo. Depois, ela não gostou de vê-lo dormindo só de cueca, criticou a maneira como ele encarava Munik e Maria Claudia, as participantes mais novas da edição, e chegou a chamá-lo de pedófilo, por ter duas “namoradas” de 17 e 19 anos.

Fora da casa
A rejeição de Laércio foi grande. Internautas descobriram que o curitibano, em uma rede social, curtia páginas de supremacia branca, armas e se chamou de efebófilo, isto é, pessoa que tem atração sexual por adolescentes.

 

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

STF julga liberação de crininosas para prender manifestantes de 8 de janeiro

Vão soltar criminosas para sobrar lugar para prender senhoras que se manifestavam dentro da constituição e acreditaram em um capitão e alguns generais

As críticas do New York Times a Moraes

O jornal norte-americano New York Times voltou a falar sobre o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Uma reportagem publicada neste domingo, 22,...

5 depredações da esquerda contra o patrimônio público

“Nunca vocês leram alguma notícia sobre um movimento ou partido de esquerda invadir o Congresso Nacional, a Suprema Corte ou o Palácio do Planalto”,...

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...
- PUBLICIDADE -