InícioSaúdeSanta Casa alerta para superlotação

Santa Casa alerta para superlotação

- continua após a publicidade -

A Santa Casa de Ribeirão Preto convocou uma coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (4) para alertar sobre as condições no atendimento de urgência e emergência, que chega a receber fluxo de pacientes 220% além da capacidade.

 

“Há algum tempo já estamos observando um aumento muito grande em nossas unidades de urgência e emergência em um dia ou outro da semana, porém agora quase diariamente estamos trabalhando com a nossa capacidade em 100%. Ontem chegamos a 220% acima do nosso limite”, explica o diretor superintendente da instituição, Marcelo Di Bonifacio.

 

A quantidade de equipamentos e todo suporte oferecido na Área Vermelha do Hospital (unidades de urgência e emergência) são apropriados para quatro pacientes, sendo que neste domingo, 3, a quantidade chegou a 12, e nesta segunda-feira, 4, a oito.

Essa lotação nas unidades de urgência e emergência já vem ocorrendo há mais de dois meses, mas, de acordo com o diretor, os últimos dez dias acabaram assustando toda a equipe do hospital. “Não medimos esforços para atender a população, porém não gerenciamos o fluxo de pacientes do Hospital, quem gerencia é a Central de Regulação de Saúde do Município”, assegura o diretor.
De acordo com Bonifacio, a coletiva foi um aviso para evitar problemas maiores no futuro se nenhuma providencia for tomada.

 

 

“Nós, como prestadores de serviços, não nos importamos de fazer o atendimento, porém estamos prevendo sérios problemas que possam ocorrer mediante a exaustão das equipes e de nossos recursos”, conta.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

 

Eles afirmam que a regulação sabe a quantidade de pacientes suportados, mas não tomam nenhuma providência perante o ocorrido. “Faz uma semana que eu estou enviando um e-mail pra eles informando que nós não temos condições de atender nem leitos de enfermaria, nem CTI e nem leitos de estabilização, estamos lotados”, afirma a gestora administrativa Odete Mondini Guimarães.

 

 

Talvez a prefeitura tenha a resposta.

Pois o hospital não sabe explicar os motivos do aumento de procura e que não há nenhuma relação com o surto de H1N1.

Eles ainda afirmam que a dívida da prefeitura com o Hospital está regularizada, e que no mês de março houve o pagamento de 2 parcelas em relação ao déficit, que equivale a 1,4 milhão, e que se não fosse o pagamento, talvez a situação fosse pior.

O diretor finaliza dizendo que a  instituição irá trabalhar fortemente para resolver a situação de superlotação no hospital e que ira notificar a promotoria com todos os dados para que eles possam estar cientes do que está havendo no local.

Resposta da Prefeitura

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) afirmou que a cidade vive uma situação inusitada, com a ocorrência de duas epidemias simultâneas – dengue e zika vírus – e também do aumento de casos de Influenza (Gripe).

“O que se espera da rede hospitalar é que, diante de situação excepcional representada pelas epidemias e pela antecipação de casos de influenza, adote também medidas excepcionais de organização de seus serviços, a exemplo do que fez a rede municipal de saúde. Lamentar o aumento de demanda e imputar esse aumento à Central da Regulação é um misto de irresponsabilidade, dissimulação e mistificação que não contribui em nada com a gravidade do momento”, encerra a nota.

 

Os funcionários da Santa Casa dão o seu melhor, atendem os pacientes sempre com atenção e prontidão, mas ao que parece, não existe verba suficiente para esta instituição. Por fim a população é quem sofre, e principalmente aqueles que não podem pagar planos “particular”.

Por fim o que resta é torcer para não ficar doente.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

STF julga liberação de crininosas para prender manifestantes de 8 de janeiro

Vão soltar criminosas para sobrar lugar para prender senhoras que se manifestavam dentro da constituição e acreditaram em um capitão e alguns generais

As críticas do New York Times a Moraes

O jornal norte-americano New York Times voltou a falar sobre o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Uma reportagem publicada neste domingo, 22,...

5 depredações da esquerda contra o patrimônio público

“Nunca vocês leram alguma notícia sobre um movimento ou partido de esquerda invadir o Congresso Nacional, a Suprema Corte ou o Palácio do Planalto”,...

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...
- PUBLICIDADE -