Início Saúde Regional de Ribeirão Preto do Simesp realiza debate sobre violência com especialistas

Regional de Ribeirão Preto do Simesp realiza debate sobre violência com especialistas

- continua após a publicidade -

Para buscar soluções aos problemas de violência nas unidades de saúde de Ribeirão Preto, a regional do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) do município realizará o debate Violência em unidades de saúde e outros estabelecimentos públicos:

Como podemos enfrentá-la?
Com expectativa de público de 80 pessoas, o evento é aberto ao público e será dia 29 de março, quarta-feira, às 18h30, no Espaço Cultural de Extensão Universitária Escola de Medicina de Ribeirão Preto (ECEU). O evento é em parceria como Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes) e com Conselho Regional de Psicologia de Ribeirão Preto (CRP), além de ter o apoio do Núcleo Regional de Medicina de Família e Comunidade de Ribeirão Preto.

Para debater o tema foi convidada Débora Silva Teixeira, membro do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, que elaborou o programaAcesso Mais Seguropara as unidades de saúde do Rio de Janeiro. Também professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e médica de família e comunidade, Débora terá uma reunião um dia após o debate (dia 30) com o secretário de Saúde de Ribeirão Preto para compartilhar a experiência do programa aplicado no Rio de Janeiro.

Genival Torres Dantas Junior, defensor público que atua na área de segurança em equipamentos públicos como unidades de saúde e professor de direito na Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP), também será palestrante no debate.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Violência
O tema do debate surgiu devido à onda de assaltos a Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Ribeirão Preto. Foram sete casos só do início do ano a 19 de fevereiro, data do último assalto registrado. “Essa insegurança impacta negativamente na qualidade do atendimento. Já há comentários de médicos que querem pedir demissão”, alerta Ulysses Strogoff, diretor-presidente da regional na do Simesp na cidade.
Helena Lugão, delegada do Simesp em Ribeirão Preto conta que houve redução dos assaltos e furtos em UBSs, contudo, não houve influência da prefeitura para isso, por essa razão, os profissionais continuam em estado de alerta e trabalhando sob tensão.

“O governo municipal não adota nenhuma medida concreta. Temos medo de que aconteça algo pior”, lamenta Helena e completa: “Neste mês, ainda, houve casos de assaltos a agentes comunitários e de controle de vetores, durante o horário de expediente”.

Serviço
Debate Violência em unidades de saúde e outros estabelecimentos públicos: como podemos enfrentá-la?
Data: 29/03
Hora: 18h30
Local: Av. Nove de Julho, 980, Ribeirão Preto – SP

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Educação cadastra alunos que desejam receber internet gratuita

Chip com pacote de dados móveis é exclusivo para uso educacional; solicitação deve ser feita no Portal da Educação ou pessoalmente nas escolas

Ribeirão Preto: Novo horário de funcionamento de comércio e serviços

O toque de recolher continua valendo e nós fazemos que cumprimos e eles fazem que fiscalizam

Museu Casa da Memória Italiana e Museu da Cana realizam atividades em parceria

Instituições compartilham atividades culturais, virtuais e gratuitas

Missão Boa Notícia promove Grande Conferência Bíblica on-line

Transmitido no ano de 2020 por 655 emissoras ao redor do mundo, a Conferência é realizada para que os cristãos desenvolvam a convicção na salvação e vida de fé.

Nesta Sexta e Sábado comercio funciona das 10h as 22h

Descobriram finalmente que maior horário menor aglomeração.
- PUBLICIDADE -