Início Saúde Profissionais do "SuperAção" sentem na pele como é ter deficiência visual

Profissionais do “SuperAção” sentem na pele como é ter deficiência visual

- continua após a publicidade -

E se você não enxergasse por um dia? Essa foi a experiência vivida por alguns profissionais do projeto social “SuperAção”. O que, supostamente, seria mais uma quinta-feira comum, se tornou uma experiência inesquecível de empatia e solidariedade.

“Tivemos uma ideia de como as pessoas que não enxergam enfrentam dificuldades que nós desconhecemos. Ficamos vendados por apenas um dia e pudemos imaginar o que aqueles que não enxergam passam todos os dias”, conta Evandro Luiz Silveira, coordenador da Associação Pró-Esporte e Cultura.

A rotina de Evandro e outros integrantes que trabalham na APEC (Associação Pró-Esporte e Cultura) foi alterada logo que chegaram a ADEVIRP (Associação dos Deficientes Visuais de Ribeirão Preto), no dia 23 de fevereiro. Eles tiveram palestras sobre como se comportar, relacionar, quais atividades realizar e como tratar um deficiente visual.

“A vivência foi muito produtiva e também proveitosa. Falo por mim e por todos que participaram. Ganhamos muito conhecimento e aprendemos a apreciar, ainda mais, a capacidade de enxergar e ver com outros olhos aqueles que tem deficiência visual”, afirma Evandro.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O respeito por quem enfrenta essa batalha foi sentido na pele pelos participantes da “vivência”, ao darem voltas e passeios por Ribeirão, de ônibus, com os olhos vendados. A experiência durou das 7h30 até 18h. Inclusive na hora do almoço, todos permaneceram com as vendas.

“Foi um dia repleto de oportunidades. Nos comportamos como deficientes visuais e utilizaremos essa experiência em nosso projeto, para que alcancemos os melhores resultados possíveis”, ressalta o coordenador.

 

SuperAção

As aulas do projeto social “SuperAção” começaram em Novembro de 2016, pela Associação Pró-Esporte e Cultura (APEC) e contam com o apoio da USP, ADEVIRP e academia ACM. 

Pessoas de todas as idades podem participar do programa e com isso, se aproximarem do esporte. As modalidades disponíveis são basquete em cadeira de rodas, parabadminton, futebol de sete, futebol de cinco, teatro, balé, na sede da ADEVIRP e natação na academia ACM.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“O nosso objetivo, em si, é incluir as pessoas com algum tipo de deficiência no esporte e com ela, auxiliar na mobilidade, concentração e na própria reabilitação”, afirma Oswaldo Trintin Júnior, presidente da Associação Pró-Esporte e Cultura.

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail proesporte@proesporte.org.br ou pelo telefone (16) 3911-7371. O lançamento oficial do projeto foi em janeiro deste ano.

O “SuperAção” é realizado pela Associação Pró-Esporte e Cultura (APEC) através do Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS), Ministério da Saúde e Governo Federal. Os patrocinamos são da UEG Araucária, IHARA, Sistema Integrado Martins e SMART Supermercados. O projeto ainda conta com os apoios da ADEVIRP, USP, academia ACM e Goal Projetos.

 

Cronograma de aulas

Basquete em cadeira de rodas – Campus da USP, de terça e quinta, das 19h às 20h30 e das 20h30 às 22h.

Parabadminton – Campus da USP, de segunda a quarta, das 8h às 9h e das 9h às 10h.

Futebol de sete – Campus da USP, de segunda das 16h às 17h30 e quarta das 16h às 17h30.

Natação – Academia ACM, de terça e quinta, das 12h30 às 13h30 e das 14h às 15h.

Futebol de cinco – Sede da ADEVIRP, de quarta das 13h às 14h30 e quinta das 10h às 11h30.

Teatro – Sede da ADEVIRP, no período da manhã, de segunda a quarta das 9h50 às 11h30 e no período da tarde, de segunda e sexta das 13h às 14h30.

Balé – Sede da ADEVIRP, no período da manhã, de quarta, das 7h30 às 9h20 e de sexta das 10h às 11h30 e no período da tarde, de segunda e sexta das 15h20 às 17h.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Justiça bloqueia R$ 29 milhões em bens de Doria em ação por improbidade

PSDB e sua fake: Doria gastou com propaganda pessoal o equivalente a 21% do total empregado nas obras de asfalto.

Padaria Pet abre unidade em Ribeirão Preto

Loja é a 9ª franquia da rede, que terá tratamento de aromaterapia, espaço para aniversário pet, petiscaria gourmet para cães e gatos como, pipoca, bolo de caneca, cerveja e café

TEL abre 300 vagas de emprego em São Paulo

Home Office: Processo seletivo oferece oportunidades em telemarketing para vendas; empresa já emprega 15 mil profissionais no Brasil

68% dos lojistas apontam aumento nas vendas, após seis meses de quarentena

Setor de eletrônicos foi o mais beneficiado, segundo FCDLESP; apenas 15% das micro e pequenas empresas conseguiram o PRONAMPE

AGU confirma impedimento de cultivo doméstico de Cannabis sativa

Morador acionou a Justiça para obter autorização para cultivar planta em casa, o que é vedado pela legislação