InícioSaúdeMobilização nacional de vacinação contra gripe começa nesta segunda-feira

Mobilização nacional de vacinação contra gripe começa nesta segunda-feira

- continua após a publicidade -

Começa hoje (17) a mobilização nacional de vacinação contra a gripe. A campanha deste ano inclui, pela primeira vez, os profissionais de educação no grupo prioritário. Cerca de 2,3 milhões de professores de escolas das redes pública e privada devem ser imunizados nos postos de saúde de todo o país.

Nos dias 2 e 3 de maio, os docentes serão vacinados nas escolas. Idosos, trabalhadores do setor de saúde, crianças de 6 meses até 5 anos, gestantes, mulheres no pós-parto, indígenas, população privada de liberdade, inclusive os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa, e pessoas com doenças crônicas continuam como público-alvo da vacinação.

Confira os locais de vacinação:

Unidade de Saúde da Família (USF) Jardim Heitor Rigon

 

 

Local: Avenida Maestro Alfredo Pires, 391 Telefone: 3934 6403 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica Distrital de Saúde (UBDS) Castelo Branco

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Local: Rua Dom Luis do A. Mousinho, 3.300 Telefone: 3627-8488 Horário: 7h às 19h
Centro Médico Social Comunitário (CMSC) Vila Lobato

Local: Rua João Alves Pereira, 175 Telefone: 3630-0006 Horário: 7h às 17h
Unidade de Saúde da Família (USF) Vila Albertina

Local: Rua Apeninos, 941 Telefone: 3976-3010 Horário: 7h às 17h
Unidade de Saúde da Família (USF) Jardim Jamil Cury / Portal do Alto Local: Rua Pedro de Freitas Alves, 340 Telefone: 3639-5621 Horário: 7h às 17h
Unidade de Saúde da Família (USF) Maria Casagrande Lopes

Local: Rua Paulo Gerardi, 350 Telefone: 3976-1595 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Recreio

Local: Rua Tabatinga, 320 Telefone: 3976-3238 Horário: 7h às 20h
Unidade Básica de Saúde (UBS) José Sampaio

Local: Rua Elydio Vieira de Souza, 50 Telefone: 3639-0063 Horário: 7h às 19h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Presidente Dutra

Local: Rua Carolina Maria de Jesus, 365 Telefone: 3976-2030 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Paiva

Local: Rua Francisco Peixoto, 195 Telefone: 3966-4658 Horário: 7h às 17h
Centro de Saúde Escola (CSE) Ipiranga

Local: Avenida Dom Pedro I, 753 Telefone: 3630-0032 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Dom Mielle

Local: Rua Cecílio Elias Seba, 139 Telefone: 3639-0782 Horário: 7h às 17h
Unidade de Saúde da Família (USF) Jardim Marchesi

Local: Rua Professor Renato Jardim nº 925 Telefone: 3636-3280 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Parque Ribeirão Preto

Local: Rua Guy Saad Salomão, 225 Telefone: 3919-4300 Horário: 7h às 21
Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Maria das Graças

Local: Rua Cruz e Souza, 3170 Telefone: 3919-3983 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Maria das Graças

Local: Rua Cruz e Souza, 3170 Telefone: 3919-3983 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Adão do Carmo Leonel

Local: Rua Antônio Vicco, 201 Telefone: 3919-3034 Horário: 7h às 17h
Unidade de Saúde da Família (USF) Jardim Zara

Local: Rua Stéfano Barufi, 1639 Telefone: 3967-7898 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Abranches

Local: Rua Maria Abranches de Faria, 550 Telefone: 3965-2655 Horário: 7h às 19h
Unidade Básica de Saúde (UBS) São José

Local: Rua Madre Maria Teodora Voiron, 110 Telefone: 3617-0307 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Bonfim Paulista

Local: Rua Azarias Vieira de Almeida, 620 Telefone: 3972-3302 / 3972-0109 Horário: de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, das 8h às 18h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Santa Cruz

Local: Rua Triunfo, 1070 Telefone: 3916-1122 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Mariana

Local: Rua Ribeirão Preto, 1.070 Telefone: 3626-7400 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica Distrital de Saúde (UBDS) Vila Virgínia

Local: Rua Franco da Rocha, 1270 Telefone: 3919-9140 / 3919-4400 Horário: 24 horas
Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Juliana

Local: Avenida Dr. Marcos Antônio Macário dos Santos, 602 Telefone: 3965-6141 Horário: 7h às 19h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Simioni

Local: Rua Antônio Augusto Carvalho, 672 Telefone: 3638-0015 Horário: 7h às 17h
Unidade de Saúde da Família (USF) Paulo Gomes Romeo
Local: Rua Victor João Castania, 960 Telefone: 3919-1919 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Tibério

Local: Rua 21 de Abril, nº. 779 Telefone: (16) 3630-6964 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim João Rossi

Local: Av. Independência, nº.4.315 Telefone: (16) 3911-3616 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Ribeirão Verde

Local: Rua João Toniolli, nº. 3461 Telefone: (16) 3996-2100 Horário: 7h às 21h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Aeroporto

Local: Estrada Antônia Mugnato Marinceck, nº. 994 Telefone: (16) 3626-7964 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Quintino Facci I

Local: Rua César Montagnana, nº. 35 Telefone: (16) 3626-5588 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica de Saúde (UBS) Marincek

Local: Rua Roberto Michellin, s/nº Telefone: (16) 3976-3030 Horário: 7h às 17h
Unidade Básica Distrital de Saúde (UBDS) Distrital Norte

Local: Rua Bruno Pelicani, nº. 70 Telefone: (16) 3974-8007 e (16) 3974-8009 Horário: 24h
Unidade Básica Distrital de Saúde (UBDS) Central (não vacina crianças)

Local: Avenida Jerônimo Gonçalves, nº. 466 Telefone: (16) 3605-5000 e (16) 3605-5025 Horário: 24h
Centro de Saúde Escola (CSE) Vila Tibério

 

Local: Rua Gonçalves Dias, nº. 790 Telefone: (16) 3931-2325 Horário: 7h às 17h
Centro de Referência em Especialidades Central Central (não vacina crianças)

Local: Rua Prudente de Moraes, nº. 35 Telefone: (16) 3632-2664 Horário: 7h às 17h

A vacina permite a proteção contra os vírus A(H1N1), H3N2 e influenza B. Como os vírus são mutantes, a composição da vacina é feita somente depois da indicação da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre as cepas (variações dos vírus) que circularam com mais frequência nos últimos meses na região. Segundo a OMS, em 2016 a cepa do vírus A(H1N1) foi alterada, o que levou à produção de uma nova composição para a campanha deste ano.

Cerca de 60 milhões de doses serão distribuídas aos postos da rede pública de saúde. O Ministério da Saúde espera que pelo menos 54 milhões de pessoas sejam imunizadas até o dia 26 de maio, prazo final da campanha. O dia D da mobilização será em 13 de maio.

O principal objetivo da campanha é reduzir as hospitalizações e a ocorrência de mortes relacionadas à influenza. Segundo o Ministério da Saúde, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de internações por pneumonia e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da gripe. Em 2016, o país registrou a maior incidência dos casos de gripe desde a pandemia iniciada em 2009. Mais de 2.200 pessoas morreram no ano passado por problemas relacionados à gripe. De janeiro a abril deste ano ocorreram 48 mortes.

Apesar de a incidência de casos estar num ritmo bem menor do que o registrado no ano passado, o Ministério da Saúde alerta para a necessidade de se vacinar o quanto antes e garantir que a proteção seja efetiva no período de maior vulnerabilidade, o inverno. Além de buscar a imunização, o Ministério recomenda que a população lave as mãos várias vezes ao dia, cubra o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evite tocar o rosto, não compartilhe objetos de uso pessoal, mantenha os ambientes bem ventilados e evite a permanência em locais com aglomeração.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

MST já fala em ‘distribuição de terras de latifúndios’

Movimento quer ainda a 'agroecologia' no Brasil

Não vai acontecer mas: Secretaria da Cultura e Turismo abre cadastro para Grupos Carnavalescos

Até o carnaval estaremos novamente com tudo fechado e eles já sabem, mas fazem de conta que nada sabem.

Departamento de Saúde e Serviços Humanos de Joe Biden é cúmplice na prostituição de crianças migrantes

Diz que o governo é cúmplice porque 'não somos processados ​​por traficantes'... Criança migrante: minha patrocinadora 'me prostituiria para homens'

CARTA DOS OFICIAIS SUPERIORES DA ATIVA AO COMANDANTE DO EXERCITO BRASILEIRO

Covardia, injustiça e fraqueza são os atributos mais abominados para um Soldado. oficiais superiores da ativa do Exército  Brasileiro, que o fazem de livre e espontânea vontade.
- PUBLICIDADE -