InícioSaúdeIdosos que estão na enfermaria do Lar Padre Euclides serão transferidos

Idosos que estão na enfermaria do Lar Padre Euclides serão transferidos

- continua após a publicidade -

Em nota a prefeitura informa que:

“A Vigilância Sanitária não interditou o Lar Padre Euclides e nem suspendeu nenhuma atividade realizada na entidade.
Atendendo a uma determinação do Ministério Público, a Coordenadoria do Idoso está transferindo para outras instituições os idosos que estão na enfermaria do Lar Padre Euclides.

Há três anos, a Vigilância Sanitária constatou graves irregularidades no local, que representavam risco à saúde dos idosos. Desde então, a Vigilância e o Ministério Público aguardavam pela devida regularização, o que até o momento não foi feito.

Em reunião, o Ministério Público ofereceu recursos financeiros para a reforma da enfermaria no dia 1º de junho. A entidade, no entanto, recusou a proposta.

Todos os fatos estão documentados em ata.
O papel da Vigilância Sanitária é zelar pelo cumprimento da legislação sanitária e, consequentemente, pelo bem estar da população.

Esclarecemos também que não haverá fechamento da entidade e que será dado prazo para as adequações necessárias.”

Considerado o abrigo de idosos mais antigo de Ribeirão ainda em funcionamento, o Padre Euclides foi fundado em janeiro de 1919 e possui, atualmente, 53 internos. Desse total, 13 estão na enfermaria e devem ser transferidos até outubro para outras entidades: Lar Santa Rita de Cássia, Casa do Vovô, Casa do Vovô Albano e Lar dos Velhos.

O presidente do Padre Euclides, Stevie Douglas Soeira, justifica que o valor oferecido – proveniente do Fundo Municipal do Idoso – não representa nem a metade do necessário para a obra.

“Se for para atender 100% das normas que a Vigilância [Sanitária] está exigindo, o ideal seria fazer uma nova enfermaria. Um mini-hospital, praticamente. Nós estamos com o projeto pronto, temos o orçamento na mão, estimado em R$ 1,6 milhão. Algo totalmente inviável para o Asilo Padre Euclides”, diz.

Situação insustentável
O chefe da Coordenadoria do Idoso, Paulo Pícolo, afirma que a decisão de interditar a enfermaria do Lar Padre Euclides não foi tomada do “dia para a noite”, explicando que há três anos a Vigilância, a Prefeitura e o Ministério Público negociam prazos com a direção do asilo.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

“Eles tiveram alguns anos para se adaptar às normas, e agora chegou a essa situação precária. A gente tem que deixar bem claro que o Lar Padre Euclides não vai ser fechado, apenas a enfermaria vai ser interditada. A gente vai ter que acolher esses idosos em outras instituições e o serviço vai ficar um pouco complicado”, diz.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...

Lula quer endurecer penas para crimes ‘contra a democracia’

O Ministério da Justiça e Segurança Pública trabalha em uma proposta para endurecer as punições para crimes “contra a democracia”. O projeto, ainda a...

Lula nomeia novo comandante do Exército; Saiba quem é o General Tomás

O governo federal anunciou na tarde deste sábado (21) que o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva é novo comandante do Exército. O ex-comandante Militar...

General demitido por Lula reúne Alto Comando do Exército

Objetivo é anunciar a decisão do presidente de demiti-lo
- PUBLICIDADE -