InícioSaúdeEsporte Equestre Adaptado auxilia crianças, adolescentes e adultos com deficiência

Esporte Equestre Adaptado auxilia crianças, adolescentes e adultos com deficiência

- continua após a publicidade -

O Esporte Equestre Adaptado é um programa terapêutico que visa intensificar e valorizar a prática desportiva a todas as pessoas com algum tipo de deficiência que estejam aptas para tal prática, utilizando o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar. No Brasil o tratamento vem crescendo bastante nos últimos anos pelos bons resultados que proporciona, resultados estes que comprovam tanto uma melhora física, quanto psíquica e social.

A prática auxilia também no comportamento e na aprendizagem do praticante. O contato com o cavalo melhora a autoestima, autoconfiança e interação social, além disso, a modalidade pode ser a porta de entrada dessas pessoas na prática esportiva, hoje existem diversas competições Paraequestre que são voltadas para esses grupos.

Segundo Elaine Cristina Soares Leite, fisioterapeuta e coordenadora da Associação de Equoterapia Vassoural, a prática do Esporte Equestre Adaptado tem se mostrado um método muito efetivo no tratamento de pessoas com deficiência. “Todos os nossos alunos do projeto esportivo apresentaram melhoras significativas depois do início das aulas. E isso se estende ao dia a dia do praticante, para dentro da casa dos mesmos, na rotina com os pais que vivenciam a melhora dos seus filhos e valorizam esse tratamento, bem como a equipe que o desenvolve”.

“A modalidade promoveu tanto uma melhora física, quanto psicossocial nos alunos que estiveram e que estão conosco. O método proporciona um exercício completo para as crianças, adolescentes e adultos com deficiência”, conclui Elaine.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O projeto

O projeto promove a integração social, o bem estar, o prazer, a alegria, a satisfação pessoal, o desenvolvimento físico, a responsabilidade, o suporte emocional, a confiança e a independência dos praticantes. Busca melhorar a qualidade de vida, além de incluir socialmente esses praticantes através do Esporte Equestre.

O trabalho intensifica e valoriza a prática desportiva a todas as pessoas com algum tipo de deficiência que estão aptas para tal prática, ou seja, que adquiriram maior autonomia e independência para guiar seu cavalo. Também propicia a integração social e familiar, uma vez que, as aulas são realizadas ao ar livre, num ambiente familiar, onde todos cavalgam interagindo entre si, com o seu cavalo e num diferencial: em contato com a natureza.

Atualmente são atendidos 12 praticantes por semana. Para mais informações: (16) 3953-1929 ou pelo email aev@aev.org.br.

Os patrocinadores são Ourofino Saúde Animal, Savegnago, Usina Uberaba e TGM. E a realização é da AEV através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...

Lula quer endurecer penas para crimes ‘contra a democracia’

O Ministério da Justiça e Segurança Pública trabalha em uma proposta para endurecer as punições para crimes “contra a democracia”. O projeto, ainda a...

Lula nomeia novo comandante do Exército; Saiba quem é o General Tomás

O governo federal anunciou na tarde deste sábado (21) que o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva é novo comandante do Exército. O ex-comandante Militar...

General demitido por Lula reúne Alto Comando do Exército

Objetivo é anunciar a decisão do presidente de demiti-lo
- PUBLICIDADE -