Início Saúde Dr. Móvel concentra atendimento na vacinação contra a febre amarela

Dr. Móvel concentra atendimento na vacinação contra a febre amarela

- continua após a publicidade -

A programação do Dr. Móvel para esta semana se concentra principalmente na vacinação contra a febre amarela na região onde morava um homem de 52 anos que morreu da doença no dia 26 de dezembro e cujo anúncio oficial ocorreu no último dia 4. A equipe volante estará, ao longo da semana, atuando no Jardim Progresso e Jardim Marchesi conforme definido em cronograma:

10/01 – Jardim Marchesi – 8h30 às 13h30 – Avenida dos Andradas, 850 (Vacinação Febre Amarela)
11/01 – Jardim Progresso –8h30 às 13h30 –Rua B 16; 475 (CEI Maria Regina Cavalcante) (Vacinação Febre Amarela)
12/01 – Jardim Progresso – 8h30 às 13h30 – Rua B 16; 475 (CEI Maria Regina Cavalcante)- (Vacinação Febre Amarela)
13/01 – Jardim Progresso – 8h30 às 13h30 – Rua B 16; 475 ( CEI Maria Regina Cavalcante) – (Vacinação Febre Amarela)
Cronograma sujeito a alterações.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Justiça bloqueia R$ 29 milhões em bens de Doria em ação por improbidade

PSDB e sua fake: Doria gastou com propaganda pessoal o equivalente a 21% do total empregado nas obras de asfalto.

Padaria Pet abre unidade em Ribeirão Preto

Loja é a 9ª franquia da rede, que terá tratamento de aromaterapia, espaço para aniversário pet, petiscaria gourmet para cães e gatos como, pipoca, bolo de caneca, cerveja e café

TEL abre 300 vagas de emprego em São Paulo

Home Office: Processo seletivo oferece oportunidades em telemarketing para vendas; empresa já emprega 15 mil profissionais no Brasil

68% dos lojistas apontam aumento nas vendas, após seis meses de quarentena

Setor de eletrônicos foi o mais beneficiado, segundo FCDLESP; apenas 15% das micro e pequenas empresas conseguiram o PRONAMPE

AGU confirma impedimento de cultivo doméstico de Cannabis sativa

Morador acionou a Justiça para obter autorização para cultivar planta em casa, o que é vedado pela legislação