InícioSaúdeAssociação Médica Brasileira apoia novo ministro da Saúde

Associação Médica Brasileira apoia novo ministro da Saúde

A escolha de Nelson Teich para assumir o Ministério da Saúde, recebeu apoio da Associação Médica Brasileira (AMB).

- continua após a publicidade -

A escolha de Nelson Teich para assumir o Ministério da Saúde, em substituição a Luiz Henrique Mandetta, anunciada pelo presidente da República Jair Bolsonaro na tarde desta quinta-feira (16), recebeu apoio da Associação Médica Brasileira (AMB).

Antes de ser anunciado, o oncologista participou logo pela manhã, de uma audiência com o presidente da república sobre os impactos do novo coronavírus, juntamente com representantes da AMB, entre eles o presidente da associação, Lincoln Ferreira, e o vice-presidente, Diogo Leite.

Segundo a AMB, Teich tem perfil altamente técnico, o que é importante neste momento de emergência na saúde pública, além de ser respeitado na classe médica. O oncologista, formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, focou sua formação na área de gestão da saúde.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Bolsonaro na ONU: discurso sóbrio e responsável

‘Estávamos à beira do socialismo’, diz Bolsonaro em discurso na ONU Na abertura da Assembleia-Geral da entidade, presidente criticou lockdown e defendeu tratamento precoce contra a covid-19 O...

Corrente de Amor fomenta doações em prol do Hospital de Amor de Barretos

Facilidade de doação através de aplicativo e em pontos espalhados pelo Brasil, faz com que a campanha seja uma importante fonte de arrecadação para a instituição que operou com déficit mensal de mais de R$ 36 milhões em 2020

Primavera 2021: previsão geral para o Brasil

Primavera começa nesta quarta-feira (22). Crise hídrica e novo La Niña à vista. Quais as expectativas do clima para primavera 2021?

Bolsonaro faz abertura da assembleia geral da ONU logo mais por volta de 10 h

Na abertura da 76ª Assembleia Geral, expectativa é de que Bolsonaro use o púlpito para passar aos demais dirigentes mundiais um panorama do Brasil diferente do que os globalistas e velha mídia fazem.

Amazonas: governador se torna réu por desvio de recursos na pandemia

Se decidirem prender todos verdadeiros GE N0 C1 DAS, faltará cadeia. STJ aceitou hoje denúncia contra Wilson Lima e mais 13 pessoas
- PUBLICIDADE -