Início Região Sertãozinho Programa de Castração de “Baixo Custo e Sem Custo” beneficiou 5.500 animais...

Programa de Castração de “Baixo Custo e Sem Custo” beneficiou 5.500 animais nos últimos quatro anos

- continua após a publicidade -

O Programa de Castração de “Baixo Custo e Sem Custo” oferecido pela Prefeitura Municipal de Sertãozinho, por meio da Secretaria de Saúde e do Núcleo de Controle de Zoonoses, passou por nova ampliação, no que tange ao número de clínicas veterinárias conveniadas responsáveis pela realização do procedimento.

Agora, o Programa conta com quatro estabelecimentos sertanezinos conveniados: Clínica Veterinária Zoocenter, Hospital Veterinário “Dr. Fernando Morata”, Mascote Pet Shop e Clínica Veterinária, e Clínica Veterinária 4 Patas; com o objetivo de ampliar o atendimento para castração de cães e gatos, que é uma medida muito eficaz na prevenção de algumas doenças e, principalmente, no controle populacional de animais e de zoonoses, que são as doenças que se manifestam nos animais e podem ser transmitidas aos seres humanos.

O Programa de Castração teve início em 2008 e, apenas nos últimos quatro anos, a Administração Municipal beneficiou 5.500 animais com o procedimento.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Como se cadastrar – Para aderir ao Programa de Castração de “Baixo Custo”, que está disponível para toda a população, independente da renda, o munícipe deve comparecer ao Núcleo de Controle de Zoonoses portando uma cópia do RG, CPF e comprovante de residência. A taxa de R$ 75 deve ser paga na clínica veterinária responsável por realizar a cirurgia, que é definida sequencialmente, conforme controle do órgão.

Já para participar da modalidade “Sem Custo”, além dos documentos mencionados, o cidadão também precisa apresentar uma cópia do comprovante de baixa renda em seu nome, como o extrato do Programa “Bolsa Família”, por exemplo.

O Núcleo de Controle de Zoonoses está localizado à avenida José Ferreira dos Reis, 890 – Jardim Itapuã, e atende, para realização dos cadastros, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30. A inscrição também pode ser feita às sextas-feiras, das 9h às 13h, na Feirinha de Adoção de Filhotes promovida pela Secretaria de Meio Ambiente e pelo Canil Municipal, na Praça 21 de Abril – Centro. Dúvidas e outras informações: 3945-5369.
Sobre a castração – A castração ou esterilização está indicada para cães e gatos, machos e fêmeas, a partir dos cinco meses de vida. Dentre os principais benefícios do procedimento, destacam-se:

– A diminuição da prevalência de doenças em machos e fêmeas, pois a castração precoce aumenta a expectativa de vida do animal e previne o aparecimento de neoplasias (câncer) nas mamas, útero e próstata;

– Redução da agressividade e agitação, e do hábito de urinar pela casa, já que os machos castrados deixam de produzir o hormônio testosterona, que é um dos fatores responsáveis pelo comportamento agressivo e pelo hábito de urinar em todos os locais, para marcar território;

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

– A eliminação dos cios nas fêmeas e diminuição dos riscos de fugas para acasalamento;

– O fim das crias indesejadas e, consequentemente, a diminuição de animais abandonados nas ruas.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Justiça bloqueia R$ 29 milhões em bens de Doria em ação por improbidade

PSDB e sua fake: Doria gastou com propaganda pessoal o equivalente a 21% do total empregado nas obras de asfalto.

Padaria Pet abre unidade em Ribeirão Preto

Loja é a 9ª franquia da rede, que terá tratamento de aromaterapia, espaço para aniversário pet, petiscaria gourmet para cães e gatos como, pipoca, bolo de caneca, cerveja e café

TEL abre 300 vagas de emprego em São Paulo

Home Office: Processo seletivo oferece oportunidades em telemarketing para vendas; empresa já emprega 15 mil profissionais no Brasil

68% dos lojistas apontam aumento nas vendas, após seis meses de quarentena

Setor de eletrônicos foi o mais beneficiado, segundo FCDLESP; apenas 15% das micro e pequenas empresas conseguiram o PRONAMPE

AGU confirma impedimento de cultivo doméstico de Cannabis sativa

Morador acionou a Justiça para obter autorização para cultivar planta em casa, o que é vedado pela legislação