Início Região Sertãozinho Morador de Sertãozinho morre afogado ao ficar preso a hélice de barco

Morador de Sertãozinho morre afogado ao ficar preso a hélice de barco

- continua após a publicidade -

Um morador da cidade de Sertãozinho morreu afogado neste sábado, dia 18 no rio grande.

Ele pescava com amigos em uma canoa no rio, quando caiu na água e ao tentar retornar par ao barco foi sugado pela camisa, ficando preso a hélice do motor.

A canoa virou e como ele ficou debaixo de água ele acabou morrendo afogado.
Os amigos até tentaram tirar ele do local, porém ao virar o barco este já estava sem vida.
Antonio Carlos Nardi Junior tinha 36 anos e era morador da cidade de Sertãozinho.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Nogueira, Suely e Chiarelli lideram pesquisa eleitoral em Ribeirão Preto

Brancos e nulos ocupam o segundo lugar na pesquisa. Pelo visto a população apoia João Doria e todas empresas fechadas e falta de tratamento precoce.

Pais de Wesley oferecem R$ 5 mil para quem oferecer informações reais

Wesley Filho, de 13 anos, está desaparecido há 60 dias, e pai afirma que recebe trote diariamente de pessoas pedindo dinheiro para “libertar” o filho de “sequestro”

Presidente do TSE defende maior participação feminina na política

Na ocasião, o presidente do TSE defendeu o aumento da participação das mulheres na política. Segundo ele, o Brasil tem “irrisórios” 15% de participação feminina no Congresso Nacional

Organização de networking de negócios amplia atuação para seis cidades da região

Orlândia, Guaíra, São Joaquim da Barra, Jardinópolis, Brodowski e Serrana contarão com unidades do BNI Nordeste Paulista

Minczuk rege 9ª de Beethoven com Sinfônica de Ribeirão Preto e coro no Theatro Pedro II

O concerto vem sendo ensaiado desde março de forma remota pela regente ucraniana Snizhana Drahan. Há três semanas, os ensaios passaram a ser presenciais no Pedro II.