Início Região Sertãozinho Confira como será a vacinação contra a gripe em Sertãozinho

Confira como será a vacinação contra a gripe em Sertãozinho

- continua após a publicidade -

A Secretaria Municipal de Saúde deu início à vacinação contra a gripe, conforme as recomendações do Ministério da Saúde, e vem priorizando grupos específicos.

Os grupos a serem vacinados contra a gripe são: crianças de 6 meses a menores de 5 anos; gestantes; puérperas (mulheres no período pós-parto até 45 dias); trabalhadores da saúde; população indígena; indivíduos com 60 anos ou mais de idade; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis; pessoas portadoras de outras condições clínicas especiais (doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e pessoas com deficiências) e professores das escolas públicas e privadas.

Como as vacinas estão sendo entregues por etapas em Sertãozinho; logo, as ações também estão sendo realizadas em etapas. Nas últimas semanas, foram priorizados os trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas, crianças e idosos.

Na próxima semana, será a vez de pessoas com comorbidades e também a continuação da população idosa, entre os dias 02 e 05/05; professores e todos os demais grupos prioritários serão vacinados de 08 a 12/05.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Dessa forma, as pessoas incluídas nos grupos prioritários podem procurar qualquer sala de vacinas, a partir das 7h30, de segunda a sexta-feira, para se protegerem da Influenza.

No dia 13 de maio será realizado o já conhecido Dia “D”; assim, se porventura, a pessoa não for vacinada no dia proposto pelo Ministério da Saúde, ela terá, ainda, a oportunidade de se imunizar nesse dia. Para o Dia “D”, a vacina será disponibilizada em pontos estratégicos na cidade, os quais serão amplamente divulgados nos próximos dias.

Orientações gerais

Quando forem procurar a vacinação, os trabalhadores da saúde e os professores devem apresentar um comprovante que ateste o vínculo empregatício (crachá, holerite ou declaração).

As pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou que se encaixem no critério de outras condições clínicas especiais devem levar algum comprovante que ateste tais condições de saúde como, por exemplo: uma receita médica contendo os medicamentos que a pessoa utiliza ou a carta do médico.

Como se prevenir da Influenza?

A Influenza ou Gripe é uma infecção do sistema respiratório, cujas complicações são as pneumonias, responsáveis por um grande número de internações hospitalares.

A vacinação contra Influenza é a intervenção mais importante na redução do impacto do vírus. A vacina é contraindicada apenas para pessoas com alergia grave a ovo ou que apresentaram alguma reação a doses anteriores.

Segundo orientações da Vigilância Epidemiológica de Sertãozinho e do Mistério da Saúde, para redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias, especialmente as de ampla infectividade, como o vírus Influenza, a vacina é de grande eficácia e algumas medidas gerais de prevenção, chamadas de “etiquetas respiratórias” também são essenciais, tais como:

– Frequente lavagem e higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento;

– Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

– Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

– Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

– Manter os ambientes bem ventilados;

– Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe;

Indivíduos que apresentem sintomas de gripe devem:

– Evitar sair de casa em período de transmissão da doença (até 7 dias após o início dos sintomas);

– Restringir ambiente de trabalho para evitar disseminação;

– Evitar aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados;

– Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

E, caso apresente algum destes sintomas: dificuldade para respirar, lábios com coloração azulada ou roxeada, dor ou pressão abdominal ou no peito, tontura ou vertigem, vômito persistente, convulsão, procure o serviço de saúde imediatamente.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

França proíbe linguagem de gênero neutro em escolas

Segundo o Ministério da Educação, a medida atrapalha o aprendizado dos alunos e prejudica as pessoas com deficiência mental

Bruno Covas tem piora, e estado de saúde é considerado muito gravíssimo

Ele está no Hospital Sírio-Libanês, onde está internado desde o dia 15 de abril para tratamento de um câncer.

Covid-19: governo compra mais 100 milhões de doses da vacina da Pfizer

Lote se soma aos 100 milhões de doses adquiridos anteriormente

Justiça de Ribeirão determina que Facebook retire do ar fake news sobre pandemia

Como acreditar na justiça brasileira? Chamam de negacionistas mas são os primeiros a negar informações que não interessam ou que não atendem uma única vertente.

Daerp inicia implantação da nova conta de água na região central

O planejamento é que a nova conta chegue a 30 mil usuários até o final do mês de maio
- PUBLICIDADE -