InícioRegiãoPitangueirasCentro Odontológico de Pitangueiras e Ibitiúva realiza triagem no CAEMAS

Centro Odontológico de Pitangueiras e Ibitiúva realiza triagem no CAEMAS

- continua após a publicidade -

Nesta sexta-feira (17), uma equipe composta por auxiliares e diretora do Departamento de Atenção em Saúde Bucal de Pitangueiras e Ibitiúva, Sueli Bimbato Bettoni, estiveram na Associação Assistencial Miguel Arcanjo da Silva – CAEMAS.

O objetivo da visita foi dar continuidade à triagem e orientação sobre escovação para as crianças atendidas pela unidade. A ação também abrange as escolas e creches municipais, sendo realizada a cada semestre.

No CAEMAS, cerca de 80 crianças com idade entre 6 e 15 anos passaram pela triagem, receberam kits contendo escova e creme dental e foram orientadas quanto à forma correta de cuidar da saúde bucal.

Após triagem, as crianças que precisam de atendimento mais específico são direcionadas à Unidade Básica de Saúde mais próxima de suas residências, onde deverão receber atendimento odontológico.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Além das equipes de Saúde Bucal, a Secretaria de Saúde tem disponibilizado Agentes Comunitários de Saúde para auxiliarem no trabalho junto aos alunos.

Com o apoio da Secretaria de Educação, espera-se que entre fevereiro e março todas as escolas e creches municipais sejam atendidas, ampliando, inclusive, o atendimento odontológico mais aprofundado.

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Pitangueiras e Ibitiúva

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Colégio Metodista suspende atividades em Ribeirão Preto

Instituição contava com 122 anos de atuação na cidade encerra atividades por conta da situação financeira da instituição de ensino. A economia vemos depois.

O fundo do posso sem fundo: Fiocruz indica atenção com dengue

Períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, que é também transmissor do vírus da zika e chikungunya.

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos

De Uma família humilde do interior de São Paulo, dona Olinda, partiu mas pode ver os feitos do filho. Nossos sentimentos ao @jairmessias.bolsonaro

Coronavac é liberada e SP confirma dose para crianças em até 3 semanas

Eles garantem que o medicamento é seguro, e casos de mortes não são relacionados com a picada salvadora. Se ele garante nós acreditamos na ciência.

Criança de 10 anos infartou depois da picada mas o motivo não foi a vacina

Prefeitura diz que criança teve parada cardíaca após vacina, mas estado rapidamente concluiu que criança tinha doença rara no coração que os pais não sabiam. E nós acreditamos no trancarua
- PUBLICIDADE -