Início Região Orlândia Arquiteto de Orlandia é único brasileiro selecionado para mostra em Veneza

Arquiteto de Orlandia é único brasileiro selecionado para mostra em Veneza

- continua após a publicidade -

É de Orlândia o único brasileiro selecionado entre os 88 para a mostra principal da Bienal de Arquitetura de Veneza que acontece desde o último sábado (28).
Angelo Bucci é arquiteto titular do escritório SPBR, boa parte das obras do seu escritório está em Orlândia, sua terra natal, mas também há trabalhos em várias outras cidades brasileiras e no exterior.

Outras cidades brasileiras também tem trabalhos na Bienal como Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Parauapebas (Pará), mas apenas Angelo Bucci foi selecionado para participar da mostra principal.

O tema da Bienal é “Relatos do Front” (Reporting from the front”), com a intenção de debater o papel dos arquitetos quando o assunto é melhorar as condições de vida urbana. 15ª Bienal vai ficar em funcionamento até novembro.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Minions invadem o McDonald’s

Em ação inédita, a nova campanha do McLanche Feliz trará Minions e em dobro

Comércio de Ribeirão e região ganha Marketplace para atrair mais clientes, aumentar vendas e estimular a economia local

Trata-se da expansão do projeto Varejo+, iniciativa da CDL e do SINCOVARP. As duas entidades confirmam o lançamento do Shopping Center Online voltado especialmente à MEIs, micros, pequenas e médias empresas.

“Uber do ônibus” acusa Dória de tentar inviabilizar atividade e protesta em frente à sede do governo

Entre as participantes da manifestação está a Buser, maior plataforma do segmento no Brasil, cotada para se tornar, ainda neste ano, um unicórnio (nome dado às startups cujo valor alcança US$ 1 bilhão).

Nogueira, Suely e Chiarelli lideram pesquisa eleitoral em Ribeirão Preto

Brancos e nulos ocupam o segundo lugar na pesquisa. Pelo visto a população apoia João Doria e todas empresas fechadas e falta de tratamento precoce.

Pais de Wesley oferecem R$ 5 mil para quem oferecer informações reais

Wesley Filho, de 13 anos, está desaparecido há 60 dias, e pai afirma que recebe trote diariamente de pessoas pedindo dinheiro para “libertar” o filho de “sequestro”