InícioRegiãoAraraquaraMotociclista embriagado atropela e mata idoso em Araraquara

Motociclista embriagado atropela e mata idoso em Araraquara

- continua após a publicidade -

O aposentado Sebastião Campina, de 75 anos, morreu nas primeiras horas desta quinta-feira (23), na Santa Casa de Araraquara. Ele estava internado desde a terça-feira (21), quando sofreu um atropelamento na Avenida Homero Nigro, próximo a IESA.

Segundo informações da Polícia Rodoviária (PR), Campina trafegava com uma bicicleta quando foi atingido por uma moto. Ele foi socorrido ao Hospital de Américo Brasiliense, onde morava, mas foi levado posteriormente para a Santa Casa de Araraquara devido a gravidade dos ferimentos. O motociclista também se feriu.

A Polícia afirma que o condutor da moto apresentava sinais de embriaguez.
Ele teve a prisão em flagrante decretada, mas a família pagou fiança e ele foi liberado.
A moto estava com a documentação vencida e o condutor, além da embriaguez, não portava habilitação.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Nós já avisamos que aconteceria: 72 casos de hepatite sem motivos no Brasil

Análises reúnem pacientes de dois meses a 16 anos; principais sintomas apresentados são pele e olhos amarelados, febre, vômito e dor abdominal. É só o começo dos efeitos da picada

Maior investidor da bolsa brasileira alerta: “Magazine Luiza vai quebrar”

Quem lacra lucra? : Lulista Magazine Luiza esta sentindo falta das tetas do governo e pode Quebrar. Triste

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech
- PUBLICIDADE -