InícioPolíticaMinistro do Trabalho pede demissão

Ministro do Trabalho pede demissão

- continua após a publicidade -

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, pediu demissão de seu cargo nesta quarta-feira (27). A informação foi confirmada pelo Palácio do Planalto.

Antes de ser nomeado para comandar o Ministério do Trabalho, Ronaldo Nogueira (PTB-RS) estava em seu segundo mandato como deputado federal no Congresso Nacional. Ele é filiado ao PTB desde 1992, quando deu início à carreira política no interior do Rio Grande do Sul.

O ministro também ficou conhecido por alterar as regras de fiscalização do trabalho escravo no Brasil, o que lhe rendeu críticas por parte da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que manifestou “preocupação” pelas mudanças.

A principal crítica à portaria foi ao fato de ela excluir, entre os critérios para caracterizar trabalho análogo à escravidão, a manutenção de trabalhadores sob condições degradantes, a jornada exaustiva e trabalhos forçados.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O texto passou a classificar como trabalho escravo as situações em que o trabalhador é privado de liberdade, seja por submissão sob ameaça de punição, de segurança armada, retenção de documentos ou por dívida.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Homem completamente vacinado, voltou da China, ficou no hotel de quarentena e quando saiu descobriram que tinha Covid

Caso ocorreu na Austrália. A diretora de saúde, Jeannette Young, disse que ele teve três testes negativos antes de sair da quarentena.

Inscrições para o Fies do segundo semestre têm início hoje (27)

O novo Fies é um modelo de financiamento estudantil que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero

Ítalo Ferreira conquista 1º ouro olímpico do surfe para o Brasil

"Eu vim com uma frase para o Japão: "diz amém que o ouro vem". Treinei muito nos últimos meses e Deus realizou o meu sonho, de me dar a oportunidade de fazer o que eu amo.

Justiça obriga Globo a publicar direito de resposta a Ana Paula Henkel por ofensas proferidas por Walter Casagrande

Casagrande publicou texto alegando que "uma pessoa intragável, prepotente, arrogante, defensora de armas, que se disfarçou de jogadora de vôlei"

Saúde distribui mais 10 milhões de vacinas para todo o país

De acordo com a pasta, serão distribuídas 4,8 milhões de doses da AstraZeneca, 3,3 milhões da Coronavac e 2,1 milhões da Pfizer.
- PUBLICIDADE -