Início Política Eleições Por meio de biometria, TSE registra 15,6 mil fraudes em títulos de...

Por meio de biometria, TSE registra 15,6 mil fraudes em títulos de eleitor

- continua após a publicidade -

A Justiça Eleitoral identificou mais de 15,6 mil fraudes entre as eleições de 2014 e 2016, por meio do cruzamento de informações biométricas. São eleitores que foram a diferentes cartórios, se passaram por outras pessoas e conseguiram emitir mais de um título, o que é ilegal. Eles foram identificados por meio das digitais.

O estado com o maior número de fraudes identificadas por meio do registro biométrico foi Alagoas, onde 2.188 títulos de eleitor foram considerados irregulares, segundo o levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em seguida vieram São Paulo (1.733) e Goiás (1.503).

Em Goiás, um único homem conseguiu emitir 51 títulos de eleitor, todos em diferentes cartórios. Ele só foi identificado porque em todos os cadastros constava a mesma impressão digital, que é única para cada indivíduo. Neste caso, o registro biométrico o impediu de votar repetidas vezes.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Além de resultar no cancelamento das inscrições irregulares, os dados foram enviados pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, ao Ministério Público Federal, para que sejam apurados os “indícios de configuração de eventual ilícito eleitoral ou de outra natureza”, escreveu o magistrado. As investigações podem acarretar ações penais.

É possível, entretanto, que em várias partes do país as fraudes tenham passado despercebidas. Isso porque dos 144 milhões de eleitores brasileiros, somente 46,3 milhões tinham cadastro biométrico nas eleições de 2016. O registro biométrico começou a ser implantado no Brasil em 2008. A meta do TSE é que todo o eleitorado esteja cadastrado até 2022.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Com média semanal abaixo de 100 mortes, SP volta a patamar de abril

Mesmo com a quarentena mais livre, Dados da Secretaria de Saúde e do Centro de Contingência COVID-19 mostram que índice ficou em 91 óbitos na medição desta quarta

Dória dobra o ICMS para diversos setores no Estado de São Paulo para 2021

Para ajustar as contas do Estado de São Paulo em função da pandemia, o governo de João Dória já elegeu quem pagará as contas: os contribuintes e empresários.

Minions invadem o McDonald’s

Em ação inédita, a nova campanha do McLanche Feliz trará Minions e em dobro

Comércio de Ribeirão e região ganha Marketplace para atrair mais clientes, aumentar vendas e estimular a economia local

Trata-se da expansão do projeto Varejo+, iniciativa da CDL e do SINCOVARP. As duas entidades confirmam o lançamento do Shopping Center Online voltado especialmente à MEIs, micros, pequenas e médias empresas.

“Uber do ônibus” acusa Dória de tentar inviabilizar atividade e protesta em frente à sede do governo

Entre as participantes da manifestação está a Buser, maior plataforma do segmento no Brasil, cotada para se tornar, ainda neste ano, um unicórnio (nome dado às startups cujo valor alcança US$ 1 bilhão).