Início Política Eleições Alckmin fez seu candidato no primeiro turno em SP e veio a...

Alckmin fez seu candidato no primeiro turno em SP e veio a Ribeirão para apoiar Nogueira

- continua após a publicidade -

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) esteve em Ribeirão na manhã deste sábado (8) para declarar apoio a Duarte Nogueira. Alckmin subiu no palanque e, em seu discurso, pediu apoio ao candidato a prefeito e ao vice, Carlos Cezar Barbosa (PPS).

Alckmin afirmou que sua proximidade com Nogueira poderá trazer benefícios à população.
Nogueira afirma que a presença do governador no comitê mostra a parceria entre ambos e o governo do Estado é um grande parceiro de Ribeirão Preto.

O governador foi tomar um café em uma cafeteria na Rua São Sebastião, junto com correligionários do partido, quando um grupo de artistas, que realizavam uma intervenção no Calçadão, foram ao local gritar contra a “máfia da Merenda”, em que políticos do partido são acusados de participar de um esquema.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Odebrecht fez pagamentos a Toffoli, denuncia Marcelo Odebrecht à PGR

Marcelo Odebrecht e os demais diretores da empresa sempre se referiam a Toffoli como “amigo de Adriano” ou “amigo de AM (Adriano Maia)”

Gol de Bolsonaro: SBT acerta transmissão da final do carioca, Flamengo e Fluminense

O SBT alcançou a sua maior audiência na história da emissora até então com a transmissão da final da Copa do Brasil, decidida por Corinthians e Grêmio

Divirta-se com os melhores tweets do MBL tratando Ayan como um guru

Com a prisão de Luciano Ayan por suspeita de lavagem de dinheiro, separamos os melhores do tweets em que mblistas idolatram o prisioneiro.

Ribeirão Preto tem leitos sobrando na rede privada e deveria contratar com urgência

Presidente da entidade diz que hospitais de campanha são um erro estratégico e que Ribeirão Preto vive o cenário já experimentado por Manaus

Preso por lavagem de dinheiro do MBL teve cargo no governo Doria

Os presos Alessander Mônaco e Carlos A. de Moraes Afonso são investigados por ocultação de patrimônio, além de lavagem de dinheiro.
- PUBLICIDADE -