Início Policial Queda no índice de criminalidade na região central após implantação do Olhos...

Queda no índice de criminalidade na região central após implantação do Olhos de Águia

- continua após a publicidade -

Durante as comemorações que marcaram os 10 anos de implantação das câmeras do projeto Olhos de Águia em Ribeirão Preto, que aconteceu nesta manhã desta sexta-feira, dia 24 de fevereiro, o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, ressaltou a importância de garantir a segurança ao cidadão ribeirão-pretano.

“Vamos expandir o projeto para outras áreas da cidade. Além das 24 câmeras no Centro vamos levar para avenida Saudade, Capitão Salomão, Quito Junqueira, Dom Pedro I, Monteiro Lobato, Caramuru e em todas avenidas de nossa cidade que vão se somar às câmeras dos guardiões da cidade, que vamos instalar na entrada de Ribeirão Preto”, disse.

Antes da solenidade, o comandante da 1ª Companhia da Polícia Militar, Paulo Henrique Junqueira de Carvalho, levou o chefe do Executivo à sala de monitoramento, onde ficam instalados os monitores em que a Polícia Militar vigia os 24 pontos estratégicos da cidade. Na oportunidade ele mostrou algumas ocorrências e explicou como a polícia age em cada uma delas.

“Em um dos casos, localizamos uma vítima para que o policial a acompanhasse até a delegacia e registrasse o boletim de ocorrência”, explicou.

Em seguida, todas as autoridades presentes, entre vereadores, militares e imprensa foram conduzidas para o início da solenidade.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para abrir os trabalhos, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto, Antônio Carlos Maçonetto parabenizou os envolvidos. “As câmeras do projeto Olhos de Águia são ferramentas de prevenção e combate ao crime. Trabalham 24 horas por dia para deixar as ruas do Centro mais tranquilas e convidativas”, afirmou.

O comandante Paulo Henrique Junqueira de Carvalho destacou os baixos índices de criminalidade na cidade.

“Hoje, podemos frisar, sem dúvida alguma, que de todos os centros do interior do Estado, que é divido em dez regiões, nós temos o Centro mais seguro”.

Em seguida o coronel Ziul Martins Rodrigues, comandante do 51º DPMI ressaltou a parceria entre a Polícia Militar, Associação Comercial e Industrial e Prefeitura pela manutenção, expansão e aperfeiçoamento do sistema.

“Esta parceria proporcionou a redução de 60 por cento do índice criminal na área central desde a época da implantação”.

Comandante do Comando de Policiamento do Interior 3 (CPI-3), coronel Humberto Gouvêa Figueiredo, falou sobre a importância do agente militar que atua na atividade operacional.

“Eles têm o papel fundamental para que o processo transcorra com sucesso”.

O prefeito Duarte Nogueira finalizou a solenidade e convidou a todos a comparecer no 3º Batalhão de Polícia Militar, onde ocorrerá a assinatura da ordem de serviço para elaboração do projeto executivo para construção do novo prédio do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), que receberá investimentos de R$ 23 milhões.

“No dia 3 de março, às 9 horas da manhã assinaremos o início do projeto executivo do Copom. A central abrangerá as 93 cidades que cobrem os 3.300 milhões de habitantes da Região Metropolitana expandida de Ribeirão Preto”, explicou.

A imprensa foi presenteada com um pen drive com arquivos que mostram a história dos 10 anos do projeto Olhos de Águia. No material, constam diversos vídeos captados pelas 24 câmeras instaladas em Ribeirão Preto.

Localização das câmeras do Olho de Águia:

Rua Saldanha Marinho com Rua São Sebastião;
Rua José Bonifácio com Rua Mariana Junqueira;
Rua Mariana Junqueira com Rua Tibiriçá;
Rua Visconde de Inhaúma com Rua Américo Brasiliense;
Rua José Bonifácio com Rua General Osório;
Rua Barão do Amazonas com Rua Rui Barbosa;
Rua Barão do Amazonas com Rua Duque de Caxias;
Rua Florêncio de Abreu com Rua Amador Bueno;
Rua Lafaiete com Rua Comandante Marcondes Salgado;
Rua Campos Salles com Rua São José;
Rua Garibaldi com Rua Prudente de Morais;
Rua General Osório com Rua Cerqueira César;
Rua Barão do Amazonas com Rua Florêncio de Abreu;
Rua Duque de Caxias com Rua Saldanha Marinho; –
Rua Duque de Caxias com a Avenida Jerônimo Gonçalves; Avenida Jerônimo Gonçalves com Rua Florêncio de Abreu; Rua General Osório com Rua Tibiriçá;
Rua Lafaiete com Rua Tibiriçá;
Rua Álvares Cabral com Rua São Sebastião;
Rua São Sebastião com Avenida Jerônimo Gonçalves;
Rua Duque de Caxias com Rua Álvares Cabral;
Rua Amador Bueno com Rua General Osório;
Rua Barão do Amazonas com Rua São Sebastião;
Rua Américo Brasiliense com Rua José Bonifácio.

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Etanol e Diesel devem sofrer aumento de 3% em Ribeirão Preto.

O aumento de impostos imposto pelo Governador João Dória vai começar a prejudicar você muito rápido. Combustíveis começam a subir em Ribeirão Preto.

Sincovarp e CDL discoram do retrocesso de Ribeirão Preto para a fase Laranja do Plano SP

É preciso bom senso por parte do Governo de São Paulo quanto a redução no horário de atendimento.

João Dória não cumpre a palavra e aumenta o ICMS em São Paulo.

João Dória ri na cara da sociedade com mentiras e em nota a FIESP promete entrar na justiça contra o aumento de ICMS.

Netflix anuncia o lançamento de documentário sobre a carreira de Pelé.

Netflix divulga a data de estreia e o primeiro teaser do documentário "Pelé", com estréia programada para fevereiro.

Onde estão os radares neste sábado (16) em Ribeirão Preto

Confira as avenidas com radares móveis em Ribeirão Preto. Velocidades variam entre 60km e 70km.