Início Policial Quadrilha que assaltaria empresa de valores tinha armas de uso exclusivo do...

Quadrilha que assaltaria empresa de valores tinha armas de uso exclusivo do Exército

- continua após a publicidade -

A polícia Militar, conseguiu informações e frustrou um grande assalto que ocorreria possivelmente em Banco ou Casa de Valores.

Os bandidos foram presos em uma chácara, em Ribeirão, onde foram localizados carros e até um caminhão numa operação conjunta entre as Forças Táticas da Região de Ribeirão Preto.

Os bandidos haviam alugado a chácara para passar o final de semana e onde segundo a policia estavam se organizando para a ação.

Não era sabido o local exato que iriam roubar afirmam policiais.
Segundo eles mesmo com essa grande quantidade de armas, não houve troca de tiros e todos se entregaram sem resistência.
Com os homens foi apreendido um grande armamento.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Secretaria de Segurança Pública

Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública informou que foram apreendidos cinco fuzis, três pistolas e munições. A ação da PM ocorreu quando os criminosos estavam dormindo.

Um dos assaltantes, um feirante de 40 anos, tentou escapar por uma escada, mas caiu e se machucou. “Ele foi socorrido ao Pronto Socorro Central e está internado”, informou a nota.

O feirante estava com uma das pistolas e ainda usava um RG e um certificado de reservista em nome de outra pessoa, porém, com sua foto. Ele também responderá por uso de documento falso.

Os demais – dois autônomos de 34, um de 29 e outro de 44 anos, dois ajudantes de 31 e 33, um açougueiro de 44 e um vendedor de 44 anos – foram encaminhados à carceragem.

Além dos fuzis e das pistolas, ainda foram recolhidos documentos, 16 celulares, seis rádios comunicadores, dois coletes à prova de bala, um aparelho bloqueador de sinal de celular, duas máscaras, quatro toucas ninjas, quatro relógios, dois uniformes e R$ 2.565.
Entre fuzis e pistolas apreendidos na manhã deste domingo (5) , a Polícia Militar encontrou um mapa que indica a possível rota de fuga planejada pelos suspeitos após atacarem uma empresa de transporte de valores na cidade.

“Antes, essas armas seriam destruídas pelo Exército. Mas, após a publicação de um decreto no ano passado, elas voltarão para a polícia”, explicou, referindo-se a um decreto redigido em agosto de 2016 pelo então ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

O grupo chegou a Ribeirão Preto entre a noite de sábado e a madrugada deste domingo. Por volta das 7h, 80 policiais do 3º Batalhão da PM do interior foram mobilizados para a operação após identificação da casa usada pelos suspeitos, na Avenida Professora Dina Rizzi.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com time fraco, Botafogo cai para serie C do Brasileiro

Depois de muitos erros de planejamento, contratações e dentro de campo, o Pantera sacramentou o descenso para o andar de baixo

Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano

Apesar de alta na inflação, BC decidiu não mexer na Selic

Signos dizem muito sobre participantes do BBB

Escorpião, Sagitário e Peixes foram os mais recorrentes entre os vencedores; qual será o da vez?

Copersucar oferecer curso online gratuito para formação de empreendedores em Ribeirão Preto

Promovida em parceria com o Instituto Crescer, iniciativa aborda desafios e oportunidades para quem quer ter o próprio negócio; inscrições vão até 15 de fevereiro

No 2º dia do Enem, Anhanguera volta a disponibilizar cupons de Uber para candidatos de Ribeirão Preto

Com voucher de desconto, estudantes poderão ir aos locais do exame reduzindo risco de contágio pela Covid-19 e de atrasos
- PUBLICIDADE -