Início Policial Policial militar é assassinado na frente da noiva. E os direitos humanos...

Policial militar é assassinado na frente da noiva. E os direitos humanos onde esta?

- continua após a publicidade -

Mas não podemos esperar que os “direitos humanos procure a familia de um humano direito” afinal estes apenas defendem direitos humanos de quem nem deveria ser chamado de humano. (da redação)

Um policial de 46 anos foi baleado na cabeça após reagir a um assalto na avenida Professora Diná Rizzi, em Ribeirão, na noite desta quinta-feira (30).

Vítima estava do lado de fora do carro quando foi abordada por 2 marginais, eles queriam o veículo e o policial chegou a entregar as chaves, diz a mulher.

A tentativa de assalto que terminou com a morte do cabo da Polícia Militar Mário Rabello foi presenciada pela noiva dele na noite desta quinta-feira (30) em Ribeirão.
A mulher estava no carro quando o policial foi abordado por dois suspeitos que tinham a intenção de roubar o veículo.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A vítima foi encaminhada até a Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas e seu estado de saúde é gravíssimo. A mulher não sofreu ferimentos.
Mas na madrugada desta Sexta-feira(01) o PM não resistiu.
Rabello morreu na madrugada desta sexta-feira (1º) na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC-UE). Ele estava afastado da função há três anos por problemas na coluna e fazia parte da corporação há 25 anos. O corpo será enterrado na manhã deste sábado (2).
Os dois suspeitos fugiram de moto e ainda não foram localizados.

Segundo a mulher, o PM foi abordado por dois homens em uma moto logo após descer do carro. Ela disse que eles gritaram “perdeu, perdeu” e anunciaram o assalto. A vítima entregou a chave do carro, mas um dos suspeitos acabou atirando. O policial reagiu, mas acabou baleado na cabeça.

Segundo o boletim de ocorrência, a arma usada pelo policial estava com oito projéteis intactos. A chave do carro também foi localizada.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

França proíbe linguagem de gênero neutro em escolas

Segundo o Ministério da Educação, a medida atrapalha o aprendizado dos alunos e prejudica as pessoas com deficiência mental

Bruno Covas tem piora, e estado de saúde é considerado muito gravíssimo

Ele está no Hospital Sírio-Libanês, onde está internado desde o dia 15 de abril para tratamento de um câncer.

Covid-19: governo compra mais 100 milhões de doses da vacina da Pfizer

Lote se soma aos 100 milhões de doses adquiridos anteriormente

Justiça de Ribeirão determina que Facebook retire do ar fake news sobre pandemia

Como acreditar na justiça brasileira? Chamam de negacionistas mas são os primeiros a negar informações que não interessam ou que não atendem uma única vertente.

Daerp inicia implantação da nova conta de água na região central

O planejamento é que a nova conta chegue a 30 mil usuários até o final do mês de maio
- PUBLICIDADE -