InícioPolicialHomem é preso 26 anos após executar a ex-mulher

Homem é preso 26 anos após executar a ex-mulher

- continua após a publicidade -

Um homem de 60 anos foi preso na manhã desta terça-feira (31) em Ribeirão  acusado de assassinar a ex-mulher na frente de uma das filhas.
O crime ocorreu em abril de 1990 em Aracaju (SE), mas só foi julgado 24 anos depois, em fevereiro de 2014.

O mandado de prisão, por sua vez, foi expedido em novembro do ano passado, quando José Augusto de Arimatéia Rosa passou a ser considerado foragido. Segundo a Polícia Civil, ele foi encontrado em uma casa no bairro Parque dos Lagos em Ribeirão.

O advogado Saul Silveira Schuster afirmou que José Augusto estava na cidade a trabalho e que, como a prisão é considerada definitiva, não cabe recurso. Schuster disse que acompanhará a transferência do cliente para Aracaju, ainda sem data prevista para ocorrer.

Consta na sentença, que José Augusto deveria cumprir 19 anos e seis meses de reclusão, mas poderia recorrer em liberdade. Os jurados consideraram o crime como qualificado, apesar de considerarem que o réu não possuía antecedentes criminais.

“As consequências do crime são graves, tendo em vista a perda de uma vida humana, acarretando um reflexo repentino no seio familiar, tendo a vítima deixado duas filhas menores, inclusive uma delas tendo presenciado o ato executório”,

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

diz a juíza Olga Silva Barreto na decisão.

Mediante recurso da defesa, o Tribunal de Justiça de Sergipe revisou a sentença, determinando pena de 12 anos e um dia de reclusão em regime fechado.

Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil/Divulgação

O delegado Eduardo Martinez explicou que José Augusto estava sendo acompanhado pelos investigadores há algumas semanas e não resistiu à prisão na manhã desta terça-feira, quando deixava o imóvel onde morava.
Dentro da casa, os policiais apreenderam uma pistola semiautomática e munição.
Por isso, o réu passará a responder também pelo crime de posse irregular de arma de fogo.
Ele foi levado ao CDP de Ribeirão.

Transferência
O advogado Saul Silveira Schuster disse que foi informado sobre a prisão pela atual esposa de José Augusto.
Segundo ele, como se trata de prisão definitiva, não cabe recursos, como habeas corpus, e devera cumprir a prisão em Sergipe.

“O processo de Aracaju está encerrado, ele já é réu condenado. A gente vai fazer o trabalho de progressão de regime, porque boa parte da pena já foi cumprida. Ele passou dois anos preso por esse processo, então resta uma parte da pena a ser cumprida”,

explicou Schuster.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Projeto Guri ainda dispõe de vagas para cursos gratuitos de música na região de Ribeirão Preto

Matrícula diretamente no polo de ensino do Projeto Guri; não é necessário ter conhecimento prévio de música nem possuir instrumento musical

Covid-19: Butantan identifica nova variante recombinante em São Paulo

Trata-se da variante XG da cepa Ômicron. Eles não desistem e vão continuar controlando o gado que segue estes "cientistas" negacionistas.

Táxis poderão utilizar corredores de ônibus em Ribeirão Preto

Veículos de urgência e emergência também podem utilizar os corredores de ônibus a partir do dia 23 de maio

Entidades Assistenciais começam a receber cobertores da Campanha do Agasalho

Confira os locais de doação no site da Campanha do Agasalho. A campanha, que segue até o dia 31 de agosto, tem como objetivo arrecadar cobertores e agasalhos, novos ou usados em bom estado de conservação

Projeto CineMaterna do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto exibe filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Sessão adaptada para receber as famílias será exibida na próxima quarta-feira, dia 18
- PUBLICIDADE -