InícioPolicialHomem é preso 26 anos após executar a ex-mulher

Homem é preso 26 anos após executar a ex-mulher

- continua após a publicidade -

Um homem de 60 anos foi preso na manhã desta terça-feira (31) em Ribeirão  acusado de assassinar a ex-mulher na frente de uma das filhas.
O crime ocorreu em abril de 1990 em Aracaju (SE), mas só foi julgado 24 anos depois, em fevereiro de 2014.

O mandado de prisão, por sua vez, foi expedido em novembro do ano passado, quando José Augusto de Arimatéia Rosa passou a ser considerado foragido. Segundo a Polícia Civil, ele foi encontrado em uma casa no bairro Parque dos Lagos em Ribeirão.

O advogado Saul Silveira Schuster afirmou que José Augusto estava na cidade a trabalho e que, como a prisão é considerada definitiva, não cabe recurso. Schuster disse que acompanhará a transferência do cliente para Aracaju, ainda sem data prevista para ocorrer.

Consta na sentença, que José Augusto deveria cumprir 19 anos e seis meses de reclusão, mas poderia recorrer em liberdade. Os jurados consideraram o crime como qualificado, apesar de considerarem que o réu não possuía antecedentes criminais.

“As consequências do crime são graves, tendo em vista a perda de uma vida humana, acarretando um reflexo repentino no seio familiar, tendo a vítima deixado duas filhas menores, inclusive uma delas tendo presenciado o ato executório”,

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

diz a juíza Olga Silva Barreto na decisão.

Mediante recurso da defesa, o Tribunal de Justiça de Sergipe revisou a sentença, determinando pena de 12 anos e um dia de reclusão em regime fechado.

Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil/Divulgação

O delegado Eduardo Martinez explicou que José Augusto estava sendo acompanhado pelos investigadores há algumas semanas e não resistiu à prisão na manhã desta terça-feira, quando deixava o imóvel onde morava.
Dentro da casa, os policiais apreenderam uma pistola semiautomática e munição.
Por isso, o réu passará a responder também pelo crime de posse irregular de arma de fogo.
Ele foi levado ao CDP de Ribeirão.

Transferência
O advogado Saul Silveira Schuster disse que foi informado sobre a prisão pela atual esposa de José Augusto.
Segundo ele, como se trata de prisão definitiva, não cabe recursos, como habeas corpus, e devera cumprir a prisão em Sergipe.

“O processo de Aracaju está encerrado, ele já é réu condenado. A gente vai fazer o trabalho de progressão de regime, porque boa parte da pena já foi cumprida. Ele passou dois anos preso por esse processo, então resta uma parte da pena a ser cumprida”,

explicou Schuster.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Contações de histórias compõem a programação do final de semana do Museu Casa de Portinari

Conheça também a faceta poética de Candido Portinari no Pela Janela (25); on-line e gratuita

Terceira via discute impeachment de Bolsonaro como única forma de derrotar Lula

Com economia e empregos em recuperação, falta de escândalos no governo e popularidade nas ruas em alta, os concorrentes enxergam no impeachment a única forma de barrar Bolsonaro em 2022

Olimpíada de Tóquio: saiba quem são os brasileiros favoritos ao ouro

Judô? Vôlei? Natação? Atletismo? Futebol? De onde virão as medalhas de ouro para o Brasil?

Ribeirão Preto já vacinou mais de 50% da população com a primeira dose

Foram 360.962 pessoas imunizadas com a primeira dose, 112.238 com a segunda e 15. 948 com dose única

120 vagas para cursos gratuitos de qualificação com bolsa-auxílio em Ribeirão Preto

São 60 vagas para o curso de Porteiro e Controlador de Acesso e 60 vagas para o curso de Recepção e Atendimento, os dois com duração de 12 dias
- PUBLICIDADE -