Início Policial Funcionário de sítio é baleado com 5 tiros durante assalto

Funcionário de sítio é baleado com 5 tiros durante assalto

- continua após a publicidade -

O funcionário de um sítio, de 50 anos, foi baleado durante um assalto na noite de quinta-feira(9), na zona rural em Ribeirão.
A vítima foi atingida por cinco tiros e está internada em estado grave na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas.

Segundo a Polícia Militar, quatro suspeitos entraram armados no sítio, localizado às margens da Rodovia Anhanguera, e renderam dois funcionários da propriedade.

Os dois funcionários resistiram ao assalto e um deles, de 48 anos levou uma coronhada na cabeça.
O outro foi atingido pelos cinco disparos.

Os ladrões fugiram levando o carro do sítio, celulares e um relógio, segundo a Polícia Militar.
A perícia foi acionada e o caso será investigado.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A vítima baleada foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi levada ao Hospital das Clíninas, onde permanece internado em estado grave.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com time fraco, Botafogo cai para serie C do Brasileiro

Depois de muitos erros de planejamento, contratações e dentro de campo, o Pantera sacramentou o descenso para o andar de baixo

Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano

Apesar de alta na inflação, BC decidiu não mexer na Selic

Signos dizem muito sobre participantes do BBB

Escorpião, Sagitário e Peixes foram os mais recorrentes entre os vencedores; qual será o da vez?

Copersucar oferecer curso online gratuito para formação de empreendedores em Ribeirão Preto

Promovida em parceria com o Instituto Crescer, iniciativa aborda desafios e oportunidades para quem quer ter o próprio negócio; inscrições vão até 15 de fevereiro

No 2º dia do Enem, Anhanguera volta a disponibilizar cupons de Uber para candidatos de Ribeirão Preto

Com voucher de desconto, estudantes poderão ir aos locais do exame reduzindo risco de contágio pela Covid-19 e de atrasos
- PUBLICIDADE -