Início Esportes Secretaria prepara jogo da saudade com time de Basquete de Ribeirão

Secretaria prepara jogo da saudade com time de Basquete de Ribeirão

- continua após a publicidade -

O jogo da Saudade, que deverá acontecer em setembro deste ano, no intervalo entre o 1º e o 2º turnos do Campeonato Paulista, será uma partida comemorativa dos 14 anos do título brasileiro do time de basquete de Ribeirão Preto, conquistado em 2003 contra o Unit/Uberlândia. Alguns dos ídolos daquela conquista inédita visitaram nesta segunda-feira, dia 26 de junho, o ginásio Gavino Virdes, a Cava do Bosque, palco da grande final e que durante muito tempo foi a casa da equipe de basquetebol.

O ala-armador Alex Garcia, recém-campeão pelo Bauru, Nezinho, atualmente no Vasco da Gama, e Renato, que encerrou a carreira em 2015, marcaram presença no encontro organizado pela Secretaria Municipal de Esportes. Os três também tiveram uma audiência com o prefeito Duarte Nogueira, no Palácio Rio Branco.

O secretário Ricardo Aguiar destacou que o grupo de atletas que fez parte do time de basquete em Ribeirão Preto, de certa forma, impactou a cidade como um todo e merece uma grande homenagem.

“Não só dentro de quadra, mas como fora também. Quando você têm nomes nacionais e internacionais, que fizeram parte do esporte não só de Ribeirão, mas do esporte nacional, vira referência”, ressaltou.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

E foi pensando na importância desses jogadores para o basquete da cidade, o legado deles para os futuros atletas, que veio a ideia de homenagear os heróis do time campeão. Equipe que entrou para a história do basquete de Ribeirão Preto, como uma geração vitoriosa e que vive até hoje na memória do torcedor.

O ex-jogador Renato se emocionou ao lembrar da equipe de basquete que o revelou, dos jogadores, comissão técnica e a grande família que era o time ribeirão-pretano para eles.

“Gostei muito da ideia e também fiquei muito feliz pela presença aqui do Chaim Zaher [proprietário do Sistema Educacional Brasileiro (SBE) e, na época, o patrocinador do time]. Somos muito gratos a você. Pra gente, é uma satisfação revê-lo, pois você além de proporcionar muita coisa boa para a nossa carreira profissional ajudou-nos em nossa vida pessoal”, agradeceu.

Sobre a possibilidade de Ribeirão Preto ter novamente uma equipe de basquete de alto rendimento, o principal investidor, Chaim Zaher ressaltou que depende muito de uma conjuntura. Segundo ele, tem o lado político que atrapalha muito na montagem da equipe, como os sindicatos, federações e outras entidades esportivas.

“Já três vezes tentamos voltar, os caras têm medo de que a gente volte, sabe que a gente vai voltar pra ganhar. Nada é impossível, mas, enfim, esta atitude do Ricardo Aguiar em fazer esse jogo da saudade é uma ideia fantástica para matar a saudade”, disse Chaim.

Todos os atletas daquela conquista inédita estarão em quadra. A ideia agora é fazer uma votação nas redes sociais para colocar os principais rivais da equipe de basquete [jogadores do time de Franca e Uniara].

“Vamos lançar uma enquete para que os internautas escolham quem deverá ser a equipe adversária do jogo da saudade”, explica o diretor de esportes, Gabriel.

A Secretaria de Esportes também desenvolve o projeto de resgate da Cava do Bosque com a calçada da fama e uma entrada homenageando o time de basquete. No complexo esportivo, haverá a calçada e em cada entrada um espaço para homenagear um momento do esporte de Ribeirão Preto.

“Haverá a calçada e em cada entrada um espaço para homenagear outros nomes do esporte, como Fernanda Venturini, do vôlei, Lais Sousa, da ginástica, resgatando assim, a memória do esporte da cidade, e com isso trazer um novo momento para o esporte de Ribeirão Preto”, conta.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Do jogo da saudade nasce uma grande esperança de, quem sabe a cidade não volte a ter uma equipe de basquete de alto rendimento. Um bom presságio é a volta do time de vôlei. “Quem sabe um jogo da saudade não pode virar um jogo da atualidade, quem sabe a gente não tem mais novidades aí pra frente”, disse Ricardo Aguiar.

Prefeito garante apoio total

À tarde, a exceção do ala Alex, que retornou a Bauru, Nezinho e Renato, além de Guilherme, que joga em uma equipe universitária de basquete nos Estados Unidos, o diretor técnico Gabriel Guimarães, e o secretário municipal Ricardo Aguiar foram recebidos pelo prefeito Duarte Nogueira, no Palácio Rio Branco.  Nogueira ouviu dos atletas a intenção em montar um grande projeto voltado ao basquete da cidade e reforçou o apoio da prefeitura de Ribeirão Preto e da Secretaria Municipal de Esportes para tornar a iniciativa uma realidade.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Coca-Cola vai deixar a Ar­gen­tina e pas­sará a fun­ci­onar no Brasil

A escolha de um candidato socialista em pouco tempo transformou Argentina, que segue a passos largos de uma venezuela

A partir desta Quinta-feira(1) Ribeirão Preto recebe obra interativa

Essa escultura foi criada com base em depoimentos de 22 mulheres com câncer de mama metastático.

Doria promete vacina chinesa a partir de 15 de Dezembro

As cobaias na primeira etapa serão para profissionais de unidades públicas e privadas de saúde

Empresa de Ribeirão Preto é vendida por R$ 18,95 milhões

Nossa equipe é formada por pessoas da região e que dificilmente teriam essas oportunidades de trabalho por aqui, talvez por isso elas abracem tanto a empresa.

Shopping Iguatemi Ribeirão Preto convida para evento “Abraços Virtuais no Pátio”, pelo dia da Não Violência

Evento gratuito e realizado pela primeira vez de forma online reúne Djamila Ribeiro, Jakson Follmann, Leandro Karnal e Ruth Manus