InícioFutebolComercialCai ou não Cai?

Cai ou não Cai?

- continua após a publicidade -

Sem ganhar há quatro jogos e em queda livre na Série A3, o Leão precisava de mais um pouco de força para buscar o resultado positivo neste domingo (9) contra o Atibaia, jogando em casa.

O time começou atrás. O Atibaia marcou já nos acréscimos do primeiro tempo.
Depois de muito sofrimento dos torcedores a reação veio aos 33 da segunda etapa, com o gol de Totô.

Com cinco jogos sem vitória, o Comercial fica perigosamente próximo a zona de rebaixamento para a última série do Estado. O Comercial vai para a rodada final com a “corda no pescoço”.
Os 24 pontos deixam a equipe com serio riscos de queda, o que seria o maior vexame para uma nação com 106 anos de tradição.

Na próxima e derradeira rodada, o Comercial visita o já rebaixado Flamengo-SP, em Guarulhos.
Vale ressaltar que o Leão também não tem mais chances de alcançar o G-8.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Torcida revoltada
No final da partida, os jogadores foram vaiados, aos gritos de “vergonha”.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -