InícioFutebolBotafogoTricolor bateu o Red Bull e colocou um pé nas quartas de...

Tricolor bateu o Red Bull e colocou um pé nas quartas de final do Paulistão

- continua após a publicidade -

Se era uma vitória fora de casa que o torcedor botafoguense queria, então ela não poderia ter sido conquistada em momento melhor. Pela penúltima rodada da primeira fase do Paulistão, o Tricolor passou pelo Red Bull Brasil, por 2 a 0, em duelo realizado no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Os gols da partida foram anotados por Marcão e Wesley.

O Botafogo se consolidou na segunda colocação do Grupo A, somando agora 16 pontos, três a mais que o Ituano, que vem na 3ª colocação. O São Bernardo, com 10 pontos, vai brigar apenas contra o rebaixamento.

A última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista será disputada com todos os jogos na quarta-feira (29), às 21h45. O Tricolor irá receber a Ferroviária, no Estádio Santa Cruz. Para ficar com a vaga, o Pantera jogará por um empate ou poderá até mesmo avançar em caso de uma derrota, desde que o Ituano não vença o Red Bull Brasil e ainda o adversário teria que tirar uma diferença de quatro gols no saldo.

Para este compromisso diante do time de Araraquara, o técnico Moacir Júnior poderá contar com os retornos dos volantes Bileu e Fernando Medeiros, que cumpriram suspensão contra o Red Bull Brasil.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O JOGO
O início da partida foi bastante truncado e com as duas equipes tocando a bola no setor de intermediária, mas sem espaços para progredir para o setor ofensivo e criar jogadas. O primeiro chute a gol do Tricolor veio aos 12 minutos. Francis dominou a bola na intermediária e mandou uma bomba direto por cima do gol.

O time de Campinas respondeu pouco tempo depois. Filipe tentou fazer o corte e furou a bola, que acabou chegando nos pés do atacante Rodrigo. O camisa 9 bateu colocado no canto e a bola passou muito perto da trave, assustando o goleiro Neneca.

A marcação do Pantera foi bem encaixada e em diversos momentos o time conseguiu roubar a bola na saída de jogo dos donos da casa. Por outro lado, alguns erros de passes não permitiram que o Tricolor chegasse em uma boa situação na frente para marcar.

O Red Bull Brasil ainda deu um grande susto à nação botafoguense nos minutos finais do primeiro tempo. O atacante Luan foi lançado nas costas da zaga e chutou no canto. Neneca mostrou toda a sua elasticidade e deu um tapinha na bola para mandar a bola para escanteio e salvar o Botafogo.

O Tricolor voltou com uma postura mais agressiva na etapa complementar e foi premiado pela atitude. Rafael Bastos encontrou espaço para avançar com a bola dominada e deu linda assistência para Marcão. O goleador passou pelo goleiro e depois só teve o trabalho de tocar para o gol vazio para balançar a rede.

O segundo gol quase saiu no lance seguinte. Rafael Bastos teve a oportunidade em cobrança de falta frontal e a bola passou tirando tinta da trave esquerda defendida por Daniel.

O Red Bull tentou pressionar, mas não teve competência para passar pelo forte sistema defensivo do Botafogo. Os donos da casa passaram a oferecer o contra-ataque para o Tricolor e assim o time conseguiu matar o jogo de vez.

Aos 39, Wesley carregou a bola até a entrada da área e arriscou chute de perna esquerda. A bola desviou na zaga do time campineiro, encobriu o goleiro Daniel e foi morrer mansa no fundo das redes do adversário.

O Red Bull só conseguiu acertar o travessão do Botafogo em cobrança de falta de Thallyson. Por outro lado, Bernardo ficou bem perto de marcar o terceiro. O meia fez linda jogada na grande área, cortou o zagueiro e mandou uma bomba. Dessa vez, Daniel conseguiu fazer a defesa.

FICHA TÉCNICA:
Red Bull Brasil 0 x 2 Botafogo
Paulistão 2017 – 11ª Rodada
Local: Estádio Moisés Lucarelli – Campinas (SP)
Data: 26/03/2017 – Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistente 1: Danilo Ricardo Simon Manis
Assistente 2: Luís Alexandre Nilsen
Quarto Árbitro: Eleandro Pedro da Silva

Gols: Marcão, aos 10’/2ºT e Wesley, aos 39’/2ºT (Botafogo);
Cartões amarelos: Alison e Nando Carandina (Red Bull Brasil); Marcão (Botafogo);

Público: 360 pagantes / 515 total
Renda: R$ 2.260,00

Red Bull Brasil – Daniel; Taylor, Anderson Marques, Luan Peres e Thallyson; Alison (Denner), Nando Carandina e Fillipe Soutto; Luan (Nixon), Rodrigo (Elton) e Bruno Alves. Técnico: Alberto Valentim.

Botafogo – Neneca; Samuel Santos, Gualberto, Filipe e Fernandinho; Marcão Silva, Diego Pituca e Rafael Bastos (Bernardo); Kaue (Rodrigo Thiesen), Marcão e Francis (Wesley). Técnico: Moacir Júnior.

 

 

 

Agência Botafogo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Ribeirão Preto estende abertura do comércio a partir desta sexta-feira, dia 30

Medida se antecipa ao Plano São Paulo. Veja como ficam os horários.

GCMs realizam doação de sangue em Ribeirão Preto

Ação contribuiu com o estoque de sangue do hospital São Lucas; tipos O-, O+ e A - são os mais críticos, com menos da metade das bolsas necessárias

Brasil gera 309 mil empregos formais em junho

Governo deve lançar programas para inclusão de jovens no mercado

Anvisa alerta sobre casos de Guillain-Barré após vacinação

A Anvisa explica que a SGB é um distúrbio neurológico autoimune raro, no qual o sistema imunológico danifica as células nervosas.

Covid-19: Anvisa recebe solicitação de uso de medicamento da Pfizer

Como aquele remedio proibido, este já é usado para tratamento de artrite reumatoide, artrite psoriática e colite ulcerosa. Todo dia uma novidade sobre tratamento proibido.
- PUBLICIDADE -