InícioFutebolBotafogoNa raça, Tricolor vence Mirassol e entra no G2 do Grupo A

Na raça, Tricolor vence Mirassol e entra no G2 do Grupo A

- continua após a publicidade -

Um jogo que parecia controlado pelo Botafogo, ganhou tons de dramaticidade nos minutos finais e a raça tricolor fez a diferença contra o Mirassol. Na noite desta sexta-feira (3), o Pantera passou pelo Mirassol, pelo placar de 3 a 1, no Estádio Santa Cruz, e os gols da vitória foram anotados por Marcão, Fernando Medeiros e Serginho.

Diante do time do interior de melhor campanha no Paulistão, o Botafogo não se intimidou e mostrou um bom futebol. Os visitantes reagiram na etapa complementar, mas os botafoguenses acreditaram até o fim e confirmaram a terceira vitória do Tricolor no Paulistão.

O Pantera com essa vitória entrou na zona de classificação do Grupo A, tendo agora 10 pontos e ocupando a 2ª colocação. O Tricolor volta a atuar pelo Paulistão no próximo sábado (11), às 15h00, contra o Santo André, em duelo que será realizado no Estádio Bruno José Daniel, em Santo André. O meia Diego Pituca deverá retornar ao time nesta partida, já que ele não atuou contra o Mirassol por que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, o volante Marcão Silva recebeu o terceiro amarelo e ficará de fora.

A vitória foi dedicada pela diretoria do Botafogo ao ex-presidente do clube, Atílio Benedini Neto, que veio a falecer na noite desta sexta-feira (3). O clube decretou luto oficial pelo próximos três dias.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O JOGO
O retorno do atacante Marcão ao comando de ataque deu nova força para o time neste setor. Com experiência e bom senso de posicionamento, Marcão roubou a cena e rapidamente se tornou o jogador mais perigoso do Botafogo na partida.

Enquanto isso, o meio de campo botafoguense não deu espaços para os homens de criação do Mirassol. Xuxa, artilheiro e um dos destaques do Paulistão, não teve tempo para respirar e mal conseguiu tocar na bola para conseguir criar alguma jogada perigosa para os visitantes.

Fernandinho recebeu bola pelo lado esquerdo do ataque do Botafogo e fez o cruzamento na medida para Marcão. O atacante foi mais esperto que o goleiro Vagner, antecipou a jogada e mandou a bola, de cabeça, para o fundo das redes. Este foi o primeiro gol de Marcão com a camisa do Pantera.

O gol animou o time e outras boas chances de gol foram criadas. Gualberto e Filipe, de cabeça, e Rafael Bastos, com arremate da entrada da área, fizeram Vagner trabalhar bastante e deixaram a torcida com o grito do segundo gol a ponto de sair da garganta.

O Botafogo continuou com jogo intenso no segundo tempo e Marcão teve duas boas chances para marcar nos primeiros minutos. Primeiro, o camisa 9 recebeu assistência de Vitinho e chutou para boa defesa de Vagner. Depois, Fernandinho cobrou falta lateral que quase entrou direto e, no rebote, Marcão encheu o pé e a defesa conseguiu salvar em cima da linha.

O Mirassol só foi assustar aos 15 minutos. Raul carregou a bola pela linha de fundo e arrancou cruzamento. Zé Roberto, mesmo desajeitado, conseguiu cabecear e a bola beijou o travessão. No rebote, Rodolfo teve a chance do empate, mas para a sorte do Pantera a conclusão saiu por cima do gol.

Os visitantes esboçaram uma pressão, mas levaram um golpe quando o lateral Raul, foi expulso, aos 25 minutos. O jogador do Mirassol impediu a passagem de Samuel Santos na ponta direita e cometeu falta sem bola. O árbitro aplicou o segundo cartão amarelo no lateral e posteriormente ele recebeu o vermelho.

O Botafogo aproveitou o homem a mais em campo e partiu para buscar o segundo gol. Samuel Santos cruzou, Francis escorou e Rafael Bastos empurrou para o gol, mas Vagner defendeu novamente. Na sequência, o Tricolor roubou a bola e Fernandinho deixou Bastos na cara do gol. O camisa 16 encheu o pé e a bola caprichosamente explodiu no travessão.

A partida estava controlada, mas em um lance polêmico o Mirassol conseguiu o empate. Xuxa fez o levantamento na área, Willian apareceu em posição duvidosa e tocou de cabeça para as redes antes da chegada do goleiro Neneca.

Na base da raça, o Botafogo foi para cima do Mirassol e buscou os gols da tranquilidade apenas nos acréscimos. Fernando Medeiros recebeu assistência de Rafael Bastos e bateu de perna esquerda. A bola tomou uma trajetória que enganou Vagner e ela caiu dentro do gol.

Na sequência, Serginho brigou pela bola na grande área e foi derrubado. O pênalti foi marcado, o próprio Serginho foi para a batida e deu números finais a partida: 3 a 1 para o Fogão.

FICHA TÉCNICA:
Botafogo 3 x 1 Mirassol
Paulistão 2017 – 7ª Rodada
Local: Estádio Santa Cruz – Ribeirão Preto (SP)
Data: 03/03/2017 – Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Adriano de Assis Miranda
Assistente 1: Eduardo Vequi Marciano
Assistente 2: Enderson Emanoel Turbiani da Silva
Quarto Árbitro: André Luis Riquena

Gols: Marcão, aos 27’/1ºT, Fernando Medeiros, aos 45’/2ºT, e Serginho, aos 48’/2ºT (Botafogo); Willian, aos 36’/2ºT (Mirassol);
Cartões amarelos: Bileu, Fernandinho, Neneca, Marcão Silva (Botafogo); Raul, Zé Roberto, Willian, Wellington, Tony (Mirassol);
Cartão vermelho Raul (Mirassol);

Público: 3007 pagantes / 3358 total
Renda: R$ 47.810,00

Botafogo – Neneca; Samuel Santos, Gualberto, Filipe e Fernandinho; Bileu (Serginho), Marcão Silva, Vitinho (Fernando Medeiros) e Rafael Bastos; Marcão (Wesley) e Francis. Técnico: Moacir Júnior.

Mirassol – Vagner; Tony, Wellington, Wallace e Raul; Willian, Ricardinho (Rodrigo Biro), Welinton Júnior (Bruno Sávio) e Xuxa; Zé Roberto (Rafael Lucas) e Rodolfo. Técnico: Moisés Egert.

 

 

 

fonte – Agência Botafogo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Anvisa alerta sobre risco de miocardite e pericardite pós-vacinação

A Anvisa informa que os Estados Unidos (EUA) relataram a ocorrência de casos de miocardite (inflamação do músculo cardíaco) e de pericardite (inflamação do tecido que envolve o coração) após a vacinação

Campeonato Esportivo movimenta mais de mil alunos das escolas municipais

Cirem será realizado até a 2a quinzena de dezembro

Assistência Social realizará “V Caminhada Mulher Maravilha” neste domingo

Evento promovido pelo NAEM acontece em referência aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres

Projeto Guri está com inscrições abertas

Crianças e adolescentes de seis a 18 anos podem aprender a tocar um instrumento musical, sem a necessidade de conhecimento prévio

Fogos de artifício: veterinário explica como proteger os animais durante as comemorações

Especialista explica as possíveis reações dos pets e o que pode ser feito para amenizar o pânico e transtornos causados pelas explosões
- PUBLICIDADE -