InícioFutebolBotafogoBota marca duas vezes e vence a primeira na Série C

Bota marca duas vezes e vence a primeira na Série C

- continua após a publicidade -

O camisa 9 Edno mostrou a que veio no Botafogo e garantiu a primeira vitória do time na Série C com dois gols para cima do Mogi Mirim. O Tricolor passou pelo adversário, por 2 a 0, em duelo realizado no Estádio Santa Cruz, na noite deste sábado (20).

A partida válida pela segunda rodada da Terceira Divisão do Nacional ainda contou com os retornos de Samuel Santos e Francis ao time do Botafogo após se recuperarem de contusão e também houve espaço para a estreia do atacante Mário, ex-Bahia.

O Tricolor divide a primeira colocação do Grupo B com Ypiranga-RS e São Bento, com 4 pontos cada.

O Botafogo volta a jogar agora pela Série C do Brasileiro apenas na segunda-feira (29), às 19h00, contra o Volta Redonda-RJ, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ. Este será o primeiro adversário de fora do Estado de São Paulo que o Tricolor irá enfrentar neste Estadual.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O JOGO
Com menos de dois minutos de jogo, o Botafogo já levou alguns sustos. A saída de bola da zaga botafoguense não foi feita com perfeição e Anderson Rosa bateu no canto para a primeira defesa de Neneca. Na sequência, os visitantes tiveram dois escanteios e mandaram uma bola na trave e depois obrigaram Neneca a fazer grande intervenção para salvar o time.

A partir desse momento todo o ímpeto ofensivo dos visitantes terminou. O Mogi lançou seu time todo no campo de defesa e se preocupou apenas em se defender e oferecer poucos espaços aos botafoguenses. Morais ajeitou a bola na entrada da área e bateu no canto. Poti saltou e ficou com a bola nos braços.

O Botafogo precisou de muita paciência e toque de bola para conseguir chegar com perigo no ataque e foi premiado pela sua iniciativa. Os zagueiros do Mogi Mirim pararam para reclamar impedimento no ataque tricolor, mas Edno seguiu na jogada, dominou a bola com estilo e tocou na saída de Poti para fazer seu primeiro gol com a camisa do Pantera.

O Tricolor manteve a postura de toque de bola e paciência no segundo tempo e ficou perto de ampliar a vantagem no placar logo nos primeiros minutos. Samuel Santos foi lançado na área e fez assistência para Morais, que chutou prensado na marcação. O rebote ficou com Gerley, que encheu o pé e a bola passou muito perto do gol.

Rodrigo Fonseca decidiu aumentar o poder de fogo no ataque botafoguense e promoveu a entrada de Francis no lugar de Vitinho. A mudança deu certo e pouco tempo depois de ter entrado em campo, Francis recebeu passe de Edno, cortou o goleiro e foi derrubado na área. Pênalti marcado e pênalti convertido por Edno, com chute forte no canto esquerdo.

O Botafogo administrou o resultado, não tomou nenhum susto nos minutos finais e assegurou com tranquilidade a primeira vitória na Série C do Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:
Botafogo 2 x 0 Mogi Mirim
Brasileiro Série C 2017 – 2ª Rodada
Data: 20/05/2017 – Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral-SP
Assistente 1: Fabrício Porfirio de Moura-SP
Assistente 2: Diogo Correia dos Santos-SP
Quarto Árbitro: Thiago Luiz Scarascati-SP

Gols: Edno, aos 31’/1ºT e aos 28’/2ºT (Botafogo);
Cartões amarelos: Nichollas, Anderson Rosa e Rodrigo (Mogi Mirim);

Público: 2.376 pagantes / 2.645 total
Renda: R$ 38.275,00

Botafogo – Neneca; Samuel Santos, Caio Ruan, Gladstone e Gerley; Rodrigo Thiesen, Mateus Cancian, Diego Pituca (Mário), Morais e Vitinho (Francis); Edno (Isaac Prado). Técnico: Rodrigo Fonseca.

Mogi Mirim – Poti; Rodrigo, Emerson, Motta e Nichollas (Galego); Lucas Garcia, Régis, Anderson Rosa e Lucas Cunha (Ruster); Vitinho e Gustavo. Técnico: Mário Júnior.

Agência Botafogo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Universidade federal terá cotas para detentos, ex-presidiários e refugiados

Ser bandido virou bom negocio no Brasil, com aplauso do PSOL a decisão penaliza o cidadão de bem

A importância dos Bandeirantes para o desenvolvimento do Brasil

A historia dos Bandeirantes estão diretamente ligada ao desenvolvimento do Brasil. Não fossem estes bravos desbravadores estaríamos vivendo até hoje apenas no litoral brasileiro. Defendem genocidas e ditadores e atacam verdadeiros herois.

Contações de histórias compõem a programação do final de semana do Museu Casa de Portinari

Conheça também a faceta poética de Candido Portinari no Pela Janela (25); on-line e gratuita

Terceira via discute impeachment de Bolsonaro como única forma de derrotar Lula

Com economia e empregos em recuperação, falta de escândalos no governo e popularidade nas ruas em alta, os concorrentes enxergam no impeachment a única forma de barrar Bolsonaro em 2022

Olimpíada de Tóquio: saiba quem são os brasileiros favoritos ao ouro

Judô? Vôlei? Natação? Atletismo? Futebol? De onde virão as medalhas de ouro para o Brasil?
- PUBLICIDADE -