InícioEspeciaisVoluntarios do SertãoMutirão social de Ribeirão Preto leva esperança para o sertão

Mutirão social de Ribeirão Preto leva esperança para o sertão

- continua após a publicidade -

“Vamos fazer a diferença, o momento é agora vamos lá. Fazer o bem, sem olhar a quem e se se sentir realizado”. Esse trecho faz parte da música tema do mutirão social Voluntários do Sertão. Através da letra já fica fácil identificar que a Organização VS, juntamente com os profissionais voluntários, oferece saúde, assistência e esperança às pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social no sertão do Brasil.

Este ano, a ação completa 17 anos de história. Nessa trajetória, já foram oferecidos mais de 270 mil atendimentos, exames e procedimentos, tudo sem nenhum custo para as pessoas atendidas no mutirão. Esta marca só foi possível graças a solidariedade e profissionalismo dos mais de três mil voluntários. A maioria dos profissionais selecionados para atuar na ação são médicos, enfermeiros, dentistas, psicólogos e advogados, que juntos compõem uma mega estrutura de apoio social.

Era dezembro do ano 2000 quando o empresário Doreedson Pereira – mais conhecido como Dorinho – se reuniu com familiares e amigos e saíram de Ribeirão Preto (SP) com destino ao sertão da Bahia para doar brinquedos e cestas básicas.

Dorinho nasceu na Bahia, mas desde muito jovem se aventurou na busca por emprego no Estado de São Paulo, em Ribeirão Preto. Conseguiu se destacar como empresário e foi quase que imediata a vontade de retribuir seus triunfos com as pessoas da sua pequena cidade natal no sertão da Bahia.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

“Eu sempre tive o sonho de poder ajudar as pessoas que realmente precisam. O início foi modesto, eu comprava todas as doações com pouca ajuda, a maioria era através da minha renda. Mas, desde o começo, o Voluntários do Sertão é uma corrente do bem. As pessoas foram se unindo, cada vez mais queriam ajudar e aos poucos o mutirão foi crescendo”, conta Dorinho, Presidente do Organização Voluntários do Sertão.

A ação acontece anualmente. Até 2005, o projeto já ia crescendo e levando cada vez mais voluntários e arrecadação, no entanto, mantinha o mesmo perfil de entrega de produtos e sempre acontecia nas imediações do Distrito de Alegre (BA), município que Dorinho nasceu.

Porém, com mais apoio e incentivo de novos voluntários, Dorinho percebeu que poderia fazer ainda mais. Assim, a partir de 2006, o mutirão de ação solidária passou a oferecer também atendimentos médicos, odontológicos, pequenas cirurgias, palestras de orientação e distribuição de kits de saúde (higiene oral e pessoal).

A cada ano, o Voluntários do Sertão foi crescendo e oferecendo sua estrutura em uma cidade diferente do sertão brasileiro. Hoje, conta com uma grande estrutura com equipamentos modernos, instalados em unidades móveis de atendimento, graças ao apoio de parceiros.

“A evolução do mutirão foi muito natural. A cada ano, mais pessoas ouviam falar da ação e me procuravam com muita vontade de ajudar, tanto com doações quanto com trabalho”, conta Dorinho.

Este ano, a ação acontece em meados de abril. E, será sediada pela cidade de Irecê, na Bahia. Serão cerca de 300 profissionais voluntários, reunidos com o objetivo de oferecer mais de 25 mil atendimentos, exames e procedimentos, e apenas uma semana de atuação.

“Os voluntários que atuam conosco são praticamente os melhores em suas áreas no país todo. Para selecionar os cerca de 300 candidatos, recebemos mais de mil inscrições. São candidatos de todos os Estados”, conta Marta Meire Pereira, Gestora da Organização Voluntários do Sertão.

 

 

 

 

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Bolsonaro na ONU: discurso sóbrio e responsável

‘Estávamos à beira do socialismo’, diz Bolsonaro em discurso na ONU Na abertura da Assembleia-Geral da entidade, presidente criticou lockdown e defendeu tratamento precoce contra a covid-19 O...

Corrente de Amor fomenta doações em prol do Hospital de Amor de Barretos

Facilidade de doação através de aplicativo e em pontos espalhados pelo Brasil, faz com que a campanha seja uma importante fonte de arrecadação para a instituição que operou com déficit mensal de mais de R$ 36 milhões em 2020

Primavera 2021: previsão geral para o Brasil

Primavera começa nesta quarta-feira (22). Crise hídrica e novo La Niña à vista. Quais as expectativas do clima para primavera 2021?

Bolsonaro faz abertura da assembleia geral da ONU logo mais por volta de 10 h

Na abertura da 76ª Assembleia Geral, expectativa é de que Bolsonaro use o púlpito para passar aos demais dirigentes mundiais um panorama do Brasil diferente do que os globalistas e velha mídia fazem.

Amazonas: governador se torna réu por desvio de recursos na pandemia

Se decidirem prender todos verdadeiros GE N0 C1 DAS, faltará cadeia. STJ aceitou hoje denúncia contra Wilson Lima e mais 13 pessoas
- PUBLICIDADE -