InícioEspeciaisFenasucroAlternativa às hidrelétricas, energia produzida pela biomassa é destaque na FENASUCRO &...

Alternativa às hidrelétricas, energia produzida pela biomassa é destaque na FENASUCRO & AGROCANA

- continua após a publicidade -

Apontada por especialistas como uma das mais viáveis soluções para diminuir os custos da produção e do fornecimento da energia gerada pelas hidroelétricas e de combustíveis fósseis, a bioenergia gerada a partir da cana-de-açúcar tem apresentado um crescimento significativo nos últimos anos, aquecendo o mercado. No primeiro trimestre de 2016, as usinas produziram 722,6 megawatts, um aumento de 10,5% em relação ao mesmo período de 2015, é o que afirma a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

De acordo com dados da associação International Renewable Energy (IRENA), o Brasil desde 2014 já era o país com maior capacidade instalada de geração por meio de biomassa com 15,3% do total mundial, à frente de países desenvolvidos como o EUA, com 13,6%, China com 11,6%, Índia – 6,2% e Japão que representa 5% do montante. As boas notícias não param por aí, em 2015 a oferta de energia obtida por meio da biomassa teve um crescimento de cerca de 7%, com um total de mais 22 TWh, esse número equivale ao abastecimento de 11 milhões de residências durante um ano inteiro. A bioenergia representa em capacidade instalada aproximadamente 10% da matriz energética nacional, atrás apenas de fontes hídrica e fóssil, e 80% é derivada da cana-de-açúcar, afirma a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Por entender a importância dessa matriz energética para o setor, a FENASUCRO & AGROCANA – que acontece de 23 a 26 de agosto, em Sertãozinho, reservou um de seus setores para tecnologias e soluções para a cadeia energética. Presente na feira desde a edição de 2014, o espaço vem ganhando cada vez mais destaque entre os expositores e visitantes. Além de produtos e tecnologias apresentados nos estandes, a Feira reúne ainda especialistas e entidades renomadas para abordarem o tema em sua grade de eventos de conteúdo. Para essa 24ª edição, já estão confirmadas as presenças da Abraceel (Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia), a Biosul (Associação dos Produtores da Bioenergia de Mato Grosso do Sul), a Cogen (Associação da Indústria de Cogeração de Energia) e a Udop (União dos Produtores de Bioenergia).

Segundo Elizabeth Farina, presidente da UNICA (União da Indústria de Cana de Açúcar), até 2024 o Brasil é capaz de aumentar em mais de oito vezes o volume oferecido à rede pela bioeletricidade, caso haja investimento na modernização das unidades fabris e melhor aproveitamento da biomassa. “Hoje, o setor já tem papel fundamental no fornecimento de eletricidade pelas fontes de energias renováveis e sustentáveis, mas há um potencial gigantesco como o da bioeletricidade, o que reforça a importância cada vez maior de uma matriz energética diversificada e um olhar dedicado para cada uma destas fontes”, completa Farina.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

De acordo com o gerente geral da FENASUCRO & AGROCANA, Paulo Montabone a bioenergia gerada a partir da cana-de-açúcar tem sido, nos últimos anos, uma das principais formas de alavancar o setor. “Usinas que geram energia, seja para uso próprio ou para comércio, fecharam as duas últimas safras com as contas positivas. É por isso que precisamos disseminar e buscar formas de incentivo para que as usinas busquem cada vez mais produzir a energia limpa da cana-de-açúcar”, afirma Montabone.

Sobre a Fenasucro & Agrocana 2016

A 24ª edição da Fenasucro & Agrocana acontecerá de 23 a 26 de agosto, nos pavilhões do Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho/SP. Integrando o calendário mundial de eventos de energia da Reed Exhibitions Alcantara Machado, a feira reúne os líderes do mercado e seus principais compradores vindos de todo o Brasil e de mais de 40 outros países. Neste ano, a expectativa é receber mais de 30 mil visitantes/compradores e chegar a uma geração de negócios de cerca de R$ 2,8 bilhões, concluídos até seis meses após o evento.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Nós já avisamos que aconteceria: 72 casos de hepatite sem motivos no Brasil

Análises reúnem pacientes de dois meses a 16 anos; principais sintomas apresentados são pele e olhos amarelados, febre, vômito e dor abdominal. É só o começo dos efeitos da picada

Maior investidor da bolsa brasileira alerta: “Magazine Luiza vai quebrar”

Quem lacra lucra? : Lulista Magazine Luiza esta sentindo falta das tetas do governo e pode Quebrar. Triste

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech
- PUBLICIDADE -