Início Especiais Agrishow Vendas nos primeiros dias da Agrishow 2016 surpreendem

Vendas nos primeiros dias da Agrishow 2016 surpreendem

- continua após a publicidade -

A Agrishow 2016 – 23ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, consolidada como a maior e mais importante feira do agronegócio da América Latina, reúne até o dia 29 de abril (sexta-feira), em Ribeirão Preto (SP), cerca de 800 marcas, que estão apresentando uma série de novidades em máquinas, implementos agrícolas, sistemas de irrigação, acessórios, peças, e outros produtos.

No primeiro dia de feira (25/4), as marcas presentes na Agrishow 2016 conseguiram realizar negócios e estão esperançosas para o resultado final da feira. “Nesta segunda, ficamos surpreendidos pelo volume de negócios. Apesar do cenário econômico, estamos confiantes para o encerrar o período com bons resultados”,

comenta Delmar Rugeri, diretor presidente da Mec-Rul, empresa com sede em Caxias do Sul (RS), que comercializou no primeiro dia da Agrishow 2016, 46 máquinas.

Entre os produtos vendidos pela empresa, 95% foram a enxada rotativa – item acoplado aos tratores para fazer a aragem da terra para o plantio. O preço do equipamento gira em torno de R$ 10 a R$ 15 mil reais, dependo do seu tamanho, que varia de um a cinco metros. Além da enxada rotativa, a empresa vendeu roçadeiras e valeteiras.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Com perspectiva de comercializar 80 equipamentos até o último dia da Agrishow 2016, a Sollus, que atua no segmento de cana-de-açúcar e grãos, vendeu nesta segunda-feira (25/4), 10 máquinas, sendo cinco da linha Brazuka – carretas graneleiras. Os itens têm preço médio de R$ 70 mil. “Tivemos uma visitação acima da média no primeiro dia. Houve um volume de negócios grande, em comparação com outros anos. Foi uma grande surpresa para nós”, explica Antonio Semmler, gerente comercial da Sollus.

Outro destaque de vendas do primeiro dia do evento, foi a Santa Izabel, que vendeu 25 máquinas de implementos agrícolas.

Apesar do aumento do dólar, expectativa é de vendas em alta.

Mesmo com o recente aumento do dólar, os visitantes da Agrishow 2016, poderão aproveitar os lançamentos tecnológicos disponibilizados na feira. “A hora ideal para comprar é agora”, afirmou o vice-presidente da Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Francisco Matturro, lembrando que o produtor também foi beneficiado pois a venda de commodities também é cotada em dólar. “Outro atrativo para comprar agora está na taxa de 7,5% dos juros das principais linhas de crédito para o segmento”, avaliou o líder setorial. A avaliação de Matturro é compartilhada pelo diretor comercial da Agrale, Edson Martins. Segundo ele, o dólar traz um potencial de rentabilidade maior para o agricultor. “Como os preços das commodities é dolarizado, mesmo o produtor tendo de investir com um custo maior, acaba sendo vantajoso”, comentou o executivo.

Ainda de acordo com Matturro, as boas perspectivas de vendas também decorrem da disponibilidade de linhas de crédito para o agricultor ainda dentro do Plano Safra 2016/17, cujas linhas permanecem abertas até junho. “Dificuldade de crédito em relação a linha não existe, o que pode ocorrer é um problema de cadastro do tomador de empréstimo”. De toda forma, eventuais dificuldades de vendas são compensadas por um esforço feito pelos expositores antes da feira começar. Além disso, historicamente, uma série de negociações são concretizadas após a feira.

Premio melhores da terra apresenta vencedores da categoria novidade.

Nesta terça-feira (26), foram apresentados os vencedores do Prêmio Gerdau Melhores da Terra, na categoria Novidade Agrishow, que reconhece produtos lançados há menos de um ano e presentes nesta edição da feira. Na divisão Agricultura de Escala, a premiação foi recebida pela empresa GSI Brasil Indústria e Comércio de Equipamentos Agropecuários, pela Fornalha Block-Velox, que se diferencia pela durabilidade, eficiência energética e simplificação da montagem da fornalha, reduzindo o peso do material utilizado em 75% e o tempo de construção em 60%

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Já na categoria Agricultura Familiar, a empresa vencedora foi a Implementos Agrícolas Marispan, com a pá-carregadeira Marispan M85 para tratores agrícolas, que é ideal para ser usada em pequenas propriedades. Versátil, possui um mecanismo inovador e prático para acoplamento e desacoplamento, facilitando a tarefa do operador. Entre os diferenciais está o sistema de segurança para travamento, que atua de forma eficiente em caso de falha.

Lançamentos e novidades.

Case IH: colhedora de cana – O modelo 2016 da colhedora A8800 evoluiu em mais de 40 pontos, que proporcionam maior disponibilidade e menor custo operacional. Além de mudanças no aumento da disponibilidade mecânica, a marca também investiu na redução de custos, como o novo sistema de filtragem da Sucção de óleo hidráulico, que propicia aumento no intervalo de troca, de 250 para 1000 horas, o que significa em redução de 46 filtros por safra para apenas seis filtros. No caso da tecnologia de gestão, o Pro 700+ conta com o exclusivo gerenciamento de linhas individualizadas e de produtividade, que possibilita identificar as irregularidades que acontecem durante o processo de sulcação e plantio. A empresa ainda traz outros lançamentos para a feira.

PLA: lançamento em pulverização e em distribuição de solo Entre as novidades da PLA está o Phoenix 400, pulverizador com tanque de 4 mil litros e barra de até 40 metros em fibra de carbono, garantindo mais resistência e leveza, mesmo em uma máquina de grande porte. A principal vantagem é sua autonomia de uso, com maior tanque de abastecimento, tem maior rendimento e por isso maior cobertura de solo. Na área de distribuição de solos, a fertilizadora pneumática Pegasus 4.6 Air, serve tanto para a aplicação de fertilizantes sólidos como também para semeaduras de cobertura. Como principal diferencial, está o sistema de distribuição.

Renault: toda a linha voltada para o produtor rural, inclusive com test-drive Ocupando uma área de 1.000 metros quadrados, a Renault apresenta em seu estande na Agrishow 2016 o SUV Duster, a picape Duster Oroch e a linha de comerciais leves Renault Master, todos veículos destinados a atividade dos produtores rurais. O estande conta ainda com uma pista para test-drive, onde os interessados poderão conhecer, na prática, o desempenho, a robustez e a versatilidade dos veículos da marca. Outro objetivo da montadora é demonstrar aos visitantes o expressivo aumento na rede de prestação de serviços da empresa no Brasil. De 2010 a 2015, o número de representantes da marca cresceu de 175 para 287, um avanço de 63%.

Mais informações:

AGRISHOW 2016 – 23ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação

Data: 25 a 29 de abril de 2016 – Horário: das 8h às 18h

Local: Rodovia  Antônio  Duarte  Nogueira, Km 321 – Ribeirão Preto (SP)

www.agrishow.com.br

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Instituição Aparecido Savegnago promove “Circuito Cultural e Artístico

A segunda edição do evento, que começa nesta sexta-feira (02/10), às 19 horas, com transmissão gratuita, terá abertura com os jovens talentos Julia Terence e Felipe Pitoresco

MEC publica edital para 50 mil vagas remanescentes do Fies

Para se candidatar é necessário ter participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010

Plano de governo do PRTB – Ribeirão Preto, Próspera e harmonica

Quando você vota em um candidato, você assina uma procuração para administrar sua rua, seu bairro, portanto pense bem em que modelo de gestão você se interessa.

Covidão: Policia cumpre 260 mandados de busca e 57 mandados de prisão por desvio da saúde

Fraude em licitações, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Adrenocromo: o que é, como é feita e toda a polêmica em torno dela

A verdade por trás de uma das substâncias mais polêmicas da atualidade