InícioEspeciaisAgrishowSecretaria apresenta na Agrishow 2017 produção artesanal de cachaça como opção de...

Secretaria apresenta na Agrishow 2017 produção artesanal de cachaça como opção de renda

- continua após a publicidade -

Os trabalhos com cachaça artesanal desenvolvidos pela Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, serão expostos na Agrishow 2017. O processo de produção da bebida, que pode agregar renda aos pequenos produtores, será exposto no espaço Vitrine Tecnológica Sustentável para Pequenas Propriedades, no estande da Secretaria de Agricultura.

O objetivo é demonstrar ao pequeno produtor, principalmente o de cana-de-açúcar, que é possível agregar valor na sua renda bruta com a produção de cachaça artesanal. “Uma tonelada de cana-de-açúcar entregue para usina equivale a, aproximadamente, R$ 60, e uma tonelada de cana transformada em cachaça equivale a, aproximadamente, R$ 400”, afirmou Gabriela Aferri, pesquisadora da Apta.

Pensando nisso, os técnicos da Apta Valmira Cruzeiro e Valdir Lotti, juntamente com a pesquisadora, apresentarão as ferramentas utilizadas no processo de fabricação da bebida, entre elas, o alambique e as dornas, facilitando o entendimento do processo pelos produtores. Os agricultores poderão tirar dúvidas de como produzir a cachaça e quais são os materiais necessários. “Estaremos lá para proporcionar esse apoio ao pequeno agricultor que deseja iniciar sua produção”, disse Valmira. No estande, também será feita a exposição das cachaças produzidas na Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento (UPD) de Jaú da Agência.

Treinamento

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A UPD de Jaú da Apta também realiza, anualmente, treinamento prático sobre o processo básico de produção de cachaça artesanal para os produtores de cana-de-açúcar e demais interessados no processo. A ideia da realização do treinamento partiu da iniciativa de transferir os conhecimentos adquiridos pelos técnicos da Unidade na fabricação de cachaça de forma sistematizada, com estudos de vários fermentos, selecionados e naturais. De acordo com Gabriela, o treinamento tem sido procurado por produtores rurais que querem entender melhor essa oportunidade de aumentar a renda familiar.

Atualmente, 1,3 bilhão de litros de cachaça são produzidos no Brasil, dos quais 45% no Estado de São Paulo. São cerca de 40 mil produtores espalhados pelo País. De acordo com o Instituto Brasileiro de Cachaça (Ibrac), 99% dos produtores são de micro ou pequeno porte.

“Uma das diretrizes do governador Geraldo Alckmin é dar uma atenção maior ao pequeno produtor. Os trabalhos desenvolvidos pela unidade da Apta em Jaú fazem justamente isso, proporcionando melhores condições de vida no campo”, afirmou Arnaldo Jardim, secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Por Giulia Losnak

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Universidade federal terá cotas para detentos, ex-presidiários e refugiados

Ser bandido virou bom negocio no Brasil, com aplauso do PSOL a decisão penaliza o cidadão de bem

A importância dos Bandeirantes para o desenvolvimento do Brasil

A historia dos Bandeirantes estão diretamente ligada ao desenvolvimento do Brasil. Não fossem estes bravos desbravadores estaríamos vivendo até hoje apenas no litoral brasileiro. Defendem genocidas e ditadores e atacam verdadeiros herois.

Contações de histórias compõem a programação do final de semana do Museu Casa de Portinari

Conheça também a faceta poética de Candido Portinari no Pela Janela (25); on-line e gratuita

Terceira via discute impeachment de Bolsonaro como única forma de derrotar Lula

Com economia e empregos em recuperação, falta de escândalos no governo e popularidade nas ruas em alta, os concorrentes enxergam no impeachment a única forma de barrar Bolsonaro em 2022

Olimpíada de Tóquio: saiba quem são os brasileiros favoritos ao ouro

Judô? Vôlei? Natação? Atletismo? Futebol? De onde virão as medalhas de ouro para o Brasil?
- PUBLICIDADE -