Início Educação Sisu : Comunicado oficial do MEC

Sisu : Comunicado oficial do MEC

- continua após a publicidade -

O resultado com a lista de estudantes selecionados na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) encontra-se disponível, nesta segunda-feira, 28, no site sisualuno.mec.gov.br. Nesta edição, o Sisu teve 1.823.871 inscritos e 3.492.751 inscrições, considerando as duas opções de curso.

O total de inscritos corresponde a 51% do total de candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2018, e estavam habilitados a participar da seleção, percentual compatível com a média das edições anteriores.

A decisão do MEC em prorrogar as inscrições trouxe tranquilidade ao processo, garantindo que todos os candidatos tivessem a oportunidade de fazer a seleção, não havendo prejuízo a nenhum estudante.

A realização das matrículas junto às Instituições de Ensino Superior (IES) deverá ser feita entre os dias 30 de janeiro até 4 de fevereiro. As matrículas deverão ser realizadas nas instituições.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Onda de frio chega ao Brasil na próxima semana

Uma frente fria avança para o Brasil no próximo fim de semana, 23 e 24 de abril, e traz uma massa de ar frio, de origem polar, com intensidade moderada a forte.

Sertãozinho abre processo seletivo para estágio em serviço social

Serão selecionados 15 estagiários. Inscrições devem ser feitas até 27 de abril.

COVID-19 leva a escalada de mortes e colapso de hospitais no Peru

Uma onda brutal da doença atingiu o país nas últimas semanas, resultando em hospitais superlotados, enquanto o acesso à vacinação continua sendo um grande desafio

Prefeito Greca sofre derrame mas não tem nada com a coronavac

Este é o que criou projeto de lei para multar quem distribuir comida a sem-teto sem autorização em Curitiba. Esperamos que ele esteja se alimentando no Hopital.

Anvisa autoriza uso emergencial de coquetel contra a covid-19

estes medicamentos apresentaram uma redução de 70,4% na hospitalização e mortes.
- PUBLICIDADE -