Início Educação Projeto Guri amplia vagas para o MOVE, intercâmbio musical na Noruega, no...

Projeto Guri amplia vagas para o MOVE, intercâmbio musical na Noruega, no Malawi – e agora também em Moçambique

- continua após a publicidade -

Em 2017, o intercâmbio MOVE vai crescer. Promovido no Brasil pela Amigos do Guri – organização social que faz a gestão do Projeto Guri no interior e litoral do estado de São Paulo – o programa de bolsas de estudos passa agora a contemplar três países: além da Noruega e do Malawi, que já recebiam os brasileiros, Moçambique entra no roteiro. As vagas também aumentaram: os selecionados, que eram quatro, serão seis; com dois enviados para cada localidade.

As inscrições para essa nova etapa do programa ocorrem entre 15 e 25 de maio. Candidatos devem ser alunos, ex-alunos, educadores ou supervisores educacionais do Projeto Guri, com idades entre 18 e 25 anos. Aqueles que forem escolhidos terão a oportunidade de trabalhar como voluntários em projetos musicais, sociais e culturais, como workshops, festivais, competições e capacitações nesses países. Mais uma novidade da atual edição é o tempo de estadia, que foi estendido de seis para dez meses, ampliando assim o período de vivência e aprendizagem desses jovens no exterior.

Para concorrer às vagas, os candidatos devem comprovar sua participação/atuação no Projeto Guri por pelo menos 18 meses. A seleção terá duas etapas: na primeira, os interessados devem fazer sua inscrição online. Após uma pré-seleção da comissão julgadora, 14 semifinalistas serão chamados para uma etapa presencial (os selecionados receberão uma convocação no dia 26 de maio. A divulgação ocorrerá também no site e redes sociais do Projeto Guri).

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Na sede do Guri, nos dias 30 e 31, eles serão submetidos a uma entrevista e testes, nos quais serão avaliados, segundo os seguintes critérios: responsabilidade, habilidade musical, comunicação e atributos pessoais. No dia 1º de junho, serão anunciados os seis escolhidos que embarcarão em agosto para o intercâmbio de 10 meses.

Inscrições: os interessados devem preencher um formulário, disponível no site do Guri (www.projetoguri.org.br), e enviar o documento por email para move.intercambio@projetoguri.org.br. O regulamento e a lista com documentos e materiais necessários para inscrição também estão disponíveis no site.

Musicians and Organizers Volunteer Exchange (MOVE) é um programa de intercâmbio criado pela JM Norway, membro da JMI – Jeunesses Musicales International (associação sediada na Bélgica que reúne diversas organizações musicais em cerca de 70 países), em parceria com a instituição musical Music Crossroads, do Malawi e de Moçambique. Seu objetivo é o desenvolvimento da prática musical internacional.

Oito jovens brasileiros já participaram do intercâmbio entre essas instituições. Jassá Aquino e Aydan Schmidt visitaram a Noruega no primeiro semestre de 2016, período em que os colegas Eduardo Scaramuzza e Ananda Miranda estiveram no Malawi. Em 2017, a Noruega recebe Guilherme dos Santos e Thales Simões Martins; no Malawi estão Elias de Oliveira Junior e Vitor Lyra Biagioni. Os bolsistas partiram em janeiro e retornam para o Brasil em julho.

Membro da JMI desde 2012, a Amigos do Guri também já recebeu os intercambistas do MOVE. Na primeira edição do intercâmbio, em 2016, a Regional São Carlos, no interior do estado, acolheu dois jovens músicos noruegueses (Ellen-Martine e Nikolai Gmachl-Pammer) e dois moçambicanos (Lalah Mahigo e Vando Infante). Atualmente, estão no país os noruegueses Sandra Skroedal e Ole Berget, e os moçambicanos Engristia Irina e Tiger Massuco.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Ananda Miranda, intercambista do Guri no Malawi

Projeto Guri www.projetoguri.org.br

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Amigos do Guri: Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn e CCR SPVias, SABESP, SKY, CTG, SEM, Microsoft, Usina Colorado,  Caterpillar, Supermercados Tauste, Capuani, Grupo BB e Mapfre, Pinheiro Neto,  WestRock, VALGROUP, Banco Votorantim, Mercedes Benz, Catho, Hasbro, Cipatex, PPE Fios, Grupo Maringá, Raízen, Castelo Alimentos, Arteris e Cremer.

Sobre o Projeto Guri
Mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (e jovens de até 21 anos da Fundação CASA). Mais de 49 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu cerca de 650 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Sobre a Amigos do Guri
A Amigos do Guri é uma organização social de cultura que administra o Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo – idealizador do projeto –, a Amigos do Guri conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Amigos do Guri, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: www.projetoguri.org.br/faca-sua-doacao.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Torcida é liberada nos estádios do Rio

O decreto cita o retorno das torcidas nos estádios em países como Rússia, Dinamarca e Suíça para embasar a liberação.

Congresso de Líderes Cristãos – CLF terá mais uma edição para países que falam o idioma português

O preletor será o Pastor sul-coreano Ock Soo Park, o seminário terá também a participação de lideranças cristãs da américa do sul e central e haverá tradução simultânea.

Sessões de cinema drive-in realizadas em Jardinópolis ampliou corrente de solidariedade

Evento que marcou a chegada da Weclix na cidade e aconteceu em prol do Projeto de Equoterapia do Haras Manoel Leão e do Fundo Social de Solidariedade de Jardinópolis, também beneficiou o Cantinho do Céu

Triumph anuncia primeiras ações concretas do inédito projeto “Women For The Ride”

O anúncio foi realizado por Karina Simões, Embaixadora da Triumph no Brasil, em parceria com o Comitê Feminino da empresa.

Setembro termina quente e outubro começa um forno

A frente fria já se afastou e é o ar seco e quente que está ganhando força novamente sobre o Brasil. A temperatura está em elevação.