Início Educação Projeto Alma abre inscrição para curso de violoncelo

Projeto Alma abre inscrição para curso de violoncelo

- continua após a publicidade -

Está aberta inscrição para preenchimento de uma vaga no curso de violoncelo do projeto Alma (Academia Livre de Música e Artes). Interessados podem se inscrever até o dia 24 de março, pelo site – www.almarp.com.br – na aba “Audições”. O curso é voltado para jovens de 13 a 21 anos, que já tenham conhecimento intermediário no instrumento.

A audição acontecerá no dia 29 de março, no Centro Cultural Palace, em horário a ser definido. O curso de violoncelo é realizado com aulas individuais e voltadas para o desenvolvimento técnico-expressivo. Além do ensino do instrumento, o aluno participa de aulas de teoria/apreciação musical e prática de orquestra.

Sobre a Alma

A Academia Livre de Música e Artes é uma associação privada sem fins lucrativos, de Ribeirão Preto, que oferece cursos gratuitos de prática musical, com vistas na valorização de um ensino de excelência. A Alma conta com cerca de 200 alunos em cursos de instrumentos eruditos, canto solo, canto coral e teatro.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

 

Mais informações pelo e-mail academialivredemusicaeartes@gmail.com

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Abertura de escolas e contratação de professores movimentam rede municipal

Até o final do ano, mais 11 unidades escolares serão entregues para a população; R$ 40 milhões foram investidos em 15 novas escolas

Agendamento de vacina contra Covid em idosos com 65 e 66 anos será aberto nesta terça-feira, dia 20

Serão disponibilizadas 11.160 vagas; vacinação acontecerá na quinta e sexta-feira, nos dias 22 e 23 de abril

Botafogo empata com o Palmeiras no Santa Cruz

Com o resultado, o Tricolor completou o terceiro jogo de invencibilidade e agora soma seis pontos. Assim, o Pantera ocupa a 12ª colocação

Parede falsa escondia respiradores novos em hospital dizem funcionários

Em Ribeirão Preto menos de 1% do dinheiro enviado pelo gov. Federal foi usado, estados com respiradores comprados em adega, e proibição do tratamento precoce. A morte é um grande negocio.

Com R$ 166 milhões em caixa, prefeitura gastou 0,65% com medicamentos para Covid

Quebrar o pequeno comerciante e fazer obras faraônicas, é a marca deste prefeito que se mostra um capacho do governo de SP
- PUBLICIDADE -