InícioEducaçãoPalácio Rio Branco e AEAARP anoitecerão iluminados de roxo hoje

Palácio Rio Branco e AEAARP anoitecerão iluminados de roxo hoje

- continua após a publicidade -

O Palácio Rio Branco, sede da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, e a Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto (AEAARP), entidade com 70 anos de atuação, terão suas fachadas iluminadas de roxo hoje, 17, ao anoitecer. Eles aderiram à campanha Janeiro Roxo – Todos Contra a Hanseníase, realizada em todo o Brasil pela Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH).

O mês de janeiro e a cor roxa foram oficializados em 2016 para ações de conscientização sobre a hanseníase e, desde janeiro de 2017, a SBH promove a campanha no Brasil. O Brasil é o segundo país com mais casos de hanseníase – são cerca de 30 mil novos casos por ano. Índia é o país com mais notificações. Brasil ainda concentra 90% dos casos notificados nas Américas.

A campanha ganhou também a adesão da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP) e de concessionárias de rodovias no Rio de Janeiro que estão veiculando mensagens de alerta em centenas de painéis luminosos nas estradas.

Em Ribeirão Preto

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

As unidades de saúde da cidade estão recebendo o curso Hanseníase na Atenção Básica, com aulas teóricas e práticas, além de busca ativa de casos suspeitos. O curso começou no ano passado e segue em 2019.

Site e redes sociais da Prefeitura estão compartilhando a cartilha educativa e o vídeo da campanha Todos Contra a Hanseníase.

A AEAARP manterá a fachada iluminada de roxo até o dia 31 de janeiro. “É papel da sociedade civil organizada contribuir para alertar e esclarecer a população sobre este e outros problemas sociais em que a população pode e deve participar”, diz o presidente da entidade, engenheiro Carlos Alencastre.

Doença tem cura

A hanseníase tem cura, o tratamento é gratuito, mas, segundo alerta do presidente da SBH, Claudio Salgado, existe uma endemia oculta no Brasil por falta de diagnóstico. A entidade alerta que muito pouco se fala de hanseníase criando ideia que ela não existe mais em nossa sociedade. Muitas pessoas têm um “conceito” jocoso e pecaminoso sobre a doença. Por isso, pacientes e familiares convivem, ainda hoje, com situações gravíssimas de preconceito. Porém, hanseníase é doença de notificação compulsória. “A pessoa diagnosticada entra em tratamento imediatamente e quando inicia o tratamento não transmite mais. A preocupação recai sobre quem não está diagnosticado”, ressalta Salgado.

Sinais da doença

O paciente pode ter áreas ou manchas avermelhadas ou esbranquiçadas na pele com perda ou diminuição da sensibilidade ao tato, ao calor, ao frio e à dor, com ausência de pelos e do suor, além da perda de força nos membros. A doença é provocada por um bacilo.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -