Início Educação Alckmin anuncia mais de 3,7 mil bolsas para universitários do programa Escola...

Alckmin anuncia mais de 3,7 mil bolsas para universitários do programa Escola da Família

- continua após a publicidade -

O governador Geraldo Alckmin anunciou neste sábado, 4, a primeira chamada de 2017 do Bolsa Universidade. São 3.771 vagas para universitários de diferentes áreas, incluindo saúde, cultura, esporte e trabalho. Em contrapartida, os selecionados devem atuar aos fins de semana (sábado ou domingo) em uma das 2,3 mil unidades da Escola da Família. A divulgação foi realizada na Escola Estadual Ítalo Bertarello, na zona norte da capital, participante do programa com atividades de beleza, futebol e padaria artesanal.

“Estamos abrindo inscrições nesta segunda-feira para alunos universitários de qualquer curso se candidatarem às 3.771 do programa Escola da Família. Aqueles que forem selecionados, terão metade do curso pago até R$ 500 e a faculdade abre mão do valor restante. O aluno não paga absolutamente nada. Ele faz a faculdade de forma gratuita e retribui à sociedade sendo educador universitário, sábado ou domingo”, explicou Alckmin.

O cadastro para os interessados deve ser feito entre 6 e 15 de março no site www.escoladafamilia.fde.sp.gov.br. De acordo com as regras, a Secretaria custeia 50% do valor da mensalidade do curso até o limite de R$ 500,00. O restante é assumido pelas instituições de ensino superior parceiras. A proposta é que os universitários participem de ações para um público variado (crianças, adolescentes, adultos e idosos) e também auxiliem o trabalho dos voluntários nas oficinas. Todos são supervisionados de perto pelos professores e coordenadores das unidades.

Para concorrer a uma das vagas do Bolsa Universidade, o candidato deve estar regularmente matriculado em um curso de graduação em instituição privada de ensino superior conveniada à Secretaria; não ser beneficiário de outra bolsa de estudos ou financiamento; e ter disponibilidade para cumprir a carga de 8 horas.

Além da inscrição online, é preciso apresentar na Diretoria de Ensino os documentos exigidos no regulamento. Os alunos classificados serão encaminhados a uma escola estadual de acordo com a pontuação, a quantidade de vagas disponíveis no curso de graduação e o número de vagas por regional. A lista de espera tem validade de 12 meses.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Aumenta a participação no Escola da Família

“Hoje nós temos 2,3 mil escolas com o programa Escola da Família, 595 municípios do Estado de São Paulo contemplados, quase o estado inteiro, temos 6.800 educadores bolsistas e 11 mil voluntários. A escola abre de sábado, domingo e feriado com atividades de lazer, esporte, cultura, padaria artesanal, teatro. Cada escola vai criando o seu trabalho próprio e isso também aproxima os pais. Só o fato de os pais perguntarem para o seu filho como ele foi na escola, como foram as avaliações, já tem um efeito extraordinário”, comentou o governador.

O número de atividades desenvolvidas e de participantes registrados vêm aumentando ano a ano.
Em 2014 foram 1.877.965 atividades com 31.712.269 participações. No ano passado, foram 2.418.137 ações e 44.928.346 visitantes. Um crescimento de 28,7% e 41,6%, respectivamente.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Confira discurso do presidente Bolsonaro na Cúpula do Clima

O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (22) da Cúpula do Clima. O evento virtual, que começou hoje (22) e vai até amanhã

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em agosto

Também hoje, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 4 poderão sacar o benefício.

Onda de frio chega ao Brasil na próxima semana

Uma frente fria avança para o Brasil no próximo fim de semana, 23 e 24 de abril, e traz uma massa de ar frio, de origem polar, com intensidade moderada a forte.

Sertãozinho abre processo seletivo para estágio em serviço social

Serão selecionados 15 estagiários. Inscrições devem ser feitas até 27 de abril.

COVID-19 leva a escalada de mortes e colapso de hospitais no Peru

Uma onda brutal da doença atingiu o país nas últimas semanas, resultando em hospitais superlotados, enquanto o acesso à vacinação continua sendo um grande desafio
- PUBLICIDADE -